Música

Simone transmite live do Dia das Mães pela TV e não teme futuro: 'Vivo o momento'

'Foi algo natural', diz cantora sobre fazer lives regulares aos domingos

Cantora Simone Divulgação

São Paulo

Uma cantora cheia de carinho e atenção para dar. Simone, 70, faz a alegria de seus fãs todos os domingos, às 18h, horário em que a artista promove lives, direto de sua casa, no Rio de Janeiro. E uma versão especial será transmitida ao vivo no Dia das Mães, pelo Instagram dela e, também, pelo canal de TV Arte 1, no mesmo horário.

Simone responde a perguntas, fala sobre sua vida, lembra sucessos e pede a todos que se cuidem, exaustivamente. “Tenho recebido mensagens afetuosas. Posso afirmar, com certeza, que fazer as lives tem feito muito bem para mim, neste momento tão crítico da humanidade."

A ideia partiu de amigos e colegas de trabalho da cantora, e ela abraçou de imediato. As primeiras lives foram no início de abril, e a cantora manteve a agenda semanal. "Foi algo natural fazer as lives, quis me posicionar, dizer que estou junto, me conectar com meu público, e agradecer às pessoas da linha de frente na guerra contra o vírus."

Com violão em punho ou apenas com bases gravadas em seu celular, ela solta a sua voz forte no vídeo, atendendo aos pedidos dos fãs. Para Simone, como cantora, a única coisa que ela pode levar ao público para amenizar as dores de uma pandemia, é agir como uma cigarra. “Levo o meu canto, mostro que eu estou aqui e estamos juntos nesta 'guerra'."

"Cigarra" é o apelido de Simone desde que gravou o álbum de mesmo nome, em 1978. A faixa-título entrou para a trilha sonora da novela "Cara a Cara", exibida pela Globo no ano seguinte. Para o Dia das Mães, com a transmissão pela TV, Simone se prepara para uma live diferente, mas prefere guardar segredo.

Nas últimas, ela não ficou só em grandes sucessos e lembrou faixas de discos mais antigos de seus 47 anos de carreira. Marcada pela geração mais jovem como a intérprete de "Então É Natal" (versão de "Happy Xmas (War is Over)”, de John Lennon, Simone tem na manga um repertório de 30 discos com quase 50 músicas que fizeram parte de trilhas sonoras de novelas.

A PAZ NO MEIO DO CAOS

Simone procura manter a calma em meio à pandemia. "O meu futuro agora é essa live de domingo", diz a cantora, que não se prende a periodicidades. "Estou vivendo o momento, ainda preciso entender melhor como será esse ‘novo normal’ que todos comentam."

A cantora também não lamenta trabalhos adiados pela quarentena. "Os meus projetos são feitos do meu jeito, no meu momento." Ao longo da semana, ela se distrai com tudo. "Revisito meu repertório, preparo minhas lives e cuido da casa também."

Simone contou, em uma das lives, que seu empregado foi para a casa dele, e ela se sai bem com tudo o que precisa fazer, é boa na cozinha.

Sua beleza na terceira idade não tem segredo, segunda a artista. Simone foi elogiada por todos quando apareceu no fim de 2019 no Domingão do Faustão, na Globo, após alguns anos de sumiço.

Ninguém acreditava que ela estava completando, no dia 25 de dezembro, 70 anos, e o tema virou meme na internet. "Sou disciplinada, tenho uma alimentação saudável, cozinho para mim. E a música nasceu comigo, ela é que me leva."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem