Música

Larissa Manoela flerta com funk pop ao se unir a produtores de Lexa e Luísa Sonza

Atriz e cantora faz seu primeiro show em São Paulo neste sábado (19)

Larissa Manoela
Larissa Manoela lança disco "Além do Tempo" - Manu Scarpa/Divulgação
Fabiana Schiavon
São Paulo

A cantora e atriz Larissa Manoela, 18, se vê em fase de transição. E esse é o clima de seu novo disco “Além do Tempo”, em que ela mantém letras inocentes e positivas, mas com faixas inspiradas no clima de energia da música eletrônica de Alok e do funk pop. 

"Estou acompanhando tudo o que aparece, tudo aquilo com que eu me identifico, mas, ao mesmo tempo, é preciso que o meu público se identifique também”, explica Manoela. As 12 faixas do álbum tem algumas escolhas românticas, mas a maior parte vem com as batidas de produtores que trabalham com artistas como MC Lan, Lexa e Luísa Sonza.

"Vejo que as crianças gostam desse estilo musical dançante, por isso eu publiquei vários ‘challenges’ [desafios] para que a galera venha dançando comigo, e as crianças adoram. Junto a isso, zelo por letras que tenham valores positivos que possam agregar na vida delas", reflete a artista.

Não só nas faixas como “Garota, Menina, Mulher” é que Larissa Manoela imprime sua fase de transição. A mudança chegará aos palcos, ainda, com sua nova turnê, que passa por São Paulo neste sábado (19). Ela escalou uma banda totalmente feminina e um balé masculino. "Vamos reforçar essa ideia que trago no disco sobre a importância do empoderamento feminino, da autoestima das meninas." 

Tudo isso é feito de um jeito sutil. A artista não vai deixar de lado seu público de "As Aventuras de Poliana" (SBT) nem quer desagradar àqueles que estão crescendo junto com ela. "Estou virando a chavinha de uma forma delicada por conta desse público infantojuvenil que me segue, que gosta muito dos meus trabalhos. É um grande momento de descobertas que estou dividindo com os fãs”, afirma ela. 

Seu lado atriz já aponta essa leve mudança. Ao se despedir da novela infantojuvenil do SBT, ela fará três filmes em que interpreta jovens em busca de amadurecimento. “Diários de Intercâmbio”, de Bruno Garotti, que terá cenas no Canadá, será filmado no início de 2020.

Ela ainda estará em duas produções originais da Netflix. Ela protagoniza "Modo Avião”, com Erasmo Carlos, 78, que conta a história da jovem Ana (Larissa Manoela), que estudou moda sonhando em ser uma grande estilista, mas largou tudo para virar uma influenciadora digital. 

Ana passa tanto tempo postando fotos e vídeos para promover a marca, que não larga o celular nem para dirigir. Até que um dia, ela sofre um acidente mais sério e, a partir desse momento, é obrigada a se afastar das redes sociais. É quando foge para um "detox virtual" e viaja para o interior na casa do avô, Germano (Erasmo Carlos)  Esse primeiro filme ainda nem foi lançado –deve ficar para 2020–, e Manoela já vai começar a filmar outro longa também para a Netflix, cujo título ainda não foi divulgado. 

A notícia de que a novela “As Aventura de Poliana” (SBT) foi estendida por mais um ano, isto é, com previsão de término para 2021, pegou a atriz e o elenco de surpresa. As gravações da trama de Íris Abravanel terminariam em dezembro deste ano, por isso, Larissa Manoela havia assumido compromissos para atuar em filmes em 2020. "A gente estava já na ‘vibe’ do fim das gravações e pegou bastante o pessoal de surpresa."

Larissa Manoela "Além do Tempo"

  • Quando Sábado (19/10), às 19h
  • Onde Unimed Hall
  • Preço de R$ 50 a R$ 340
  • Classificação Livre
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas