Música

Marcelo Jeneci e cantor português Miguel Araújo fazem show juntos em São Paulo

Apresentação neste sábado (16) comemora o Dia de Portugal

O cantor português Miguel Araújo
O cantor português Miguel Araújo - Paulo Bico/Divulgação
Leonardo Sanchez
São Paulo

A Sala São Paulo será palco, neste sábado (16), de um encontro musical entre Portugal e Brasil, quando o cantor português Miguel Araújo e o brasileiro Marcelo Jeneci tocam juntos pela primeira vez.

Parte das comemorações do Dia de Portugal, que aconteceu no último domingo (10), o show gratuito tem repertório surpresa, mas deve reunir sucessos das carreiras de ambos, como "Balada Astral" e "Dona Laura", de Araújo, e "Quarto de Dormir", "Feito para Acabar" e "Um de Nós", de Jeneci, que marcaram presença em trilhas de novelas da Globo nos últimos anos.

"Nós estamos muito felizes de fazer esse show. Senti de Araújo uma naturalidade, o que nos permitiu deixar o lado sensorial da música direcionar nossos tons, notas e instrumentos", diz Jeneci ao F5.  "Acho que essa procura por um diálogo entre diferentes artistas pode e deve ser cada vez mais incentivado. A música une, não separa."

Foi Araújo quem indicou o nome do brasileiro para o encontro, depois de ser convidado pela organização do evento para vir ao Brasil. "Eu o sugeri porque sou um grande admirador", conta.

O músico português conheceu a obra de Jeneci de forma divertida: foi graças a um vídeo de "Balada Astral" publicado na internet, em que um internauta acusou Araújo de ser "uma cópia barata de Marcelo Jeneci". "Depois disso eu fui procurar quem era e gostei muito dele", diz o músico.

Da mesma forma, o cantor brasileiro já era admirador de Araújo antes de conhecê-lo. "Escutei pela primeira vez em Portugal, porque estive lá no ano passado para alguns shows. O que me chamou atenção foi o fato de ele ser um grande cantor, instrumentista e compositor, algo um pouco raro."

É justamente o reconhecimento por suas composições que deixa Araújo animado para estrear em solo paulistano. Ele já esteve no Rio, em 2017, para algumas apresentações. "O papel da autoria não é muito considerado em Portugal, mas no Brasil eu senti essa valorização", destaca.

Sobre a visita a São Paulo, o português diz estar animado para conhecer a cidade. "Tem fama de ter muitos restaurantes bons e isso é algo que gosto bastante. Quero experimentar coisas novas."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias