Música

Banda 5 Seconds of Summer diz que não se importa com rótulo de boy band

Em São Paulo para show único, grupo se prepara para lançar álbum

Luke Hemmings, Michael Clifford, Calum Hood, and Ashton Irwin do 5 Seconds of Summer em uma premiação na Califórnia
Luke Hemmings, Michael Clifford, Calum Hood, and Ashton Irwin do 5 Seconds of Summer em uma premiação na Califórnia - AFP

Beatriz Fialho
São Paulo

Os integrantes da banda australiana 5 Seconds Of Summer desembarcaram em São Paulo, nesta terça (6), para uma apresentação única no Cine Joia, no centro da capital paulista. Juntos desde 2011, essa é a segunda passagem de Luke, Calum, Michael e Ashton pelo Brasil —a primeira foi em 2017, no Rock in Rio. 

A experiência no festival foi marcante. Para o baixista Calum Hood, a recepção do público fez com que eles tivessem vontade de retornar. "É sempre ótimo se envolver com o público brasileiro. Os fãs são realmente apaixonados e foi a nossa primeira vez. Ficamos impressionados", disse em entrevista ao F5. 

O show no Brasil faz parte da turnê do segundo álbum da banda, "Sounds Good Feels Good" (2015) e inclui alguns singles avulsos como "Want You Back" e o hit "She Looks So Perfect". Os australianos, no entanto, estão se preparando para o lançamento do álbum "Youngblood", no próximo dia 15 de junho. 

"Temos produzido sempre pensando em nossos fãs e é interessante ver como estamos crescendo junto com eles", comentou o baterista, Ashton Irwin. O som deve ser mais maduro e explorar novas batidas, uma vontade antiga do grupo.

"Nós entendemos que compor usando novos instrumentos é um jeito diferente de produzir músicas e, por consequência, resulta em um álbum com um novo som, que nunca experimentamos antes", disse Calum. A primeira música a ser lançada foi também a que dá nome ao álbum. No YouTube, o clipe de "Youngblood" já soma mais de 9 milhões de visualizações, em pouco mais de um mês. 

A banda ganhou fama internacional em 2012, quando foi convidada a abrir os shows da turnê do grupo One Direction, que deram uma pausa em 2016. Assim como os colegas britânicos, 5 Seconds of Summer é lembrado como uma boy band de adolescentes —título que não condiz exatamente com o que eles são atualmente. 

Mais velhos e com sete anos de carreira, os cantores dizem que não se importam de serem enquadrados nessa categoria. "As pessoas podem nos chamar como quiserem. Quando ficamos famosos, surgiu essa denominação, mas no final das contas isso não importa, contanto que façamos as nossas músicas como sempre fizemos."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem