Multitela

Vencedor do Oscar de roteiro original, 'Corra' estreia na TV paga

Filme de terror narra história de um rapaz negro que conhece a família da namorada branca

O ator Daniel Kaluuya na cerimônia do Oscar, filme "Corra" ganhou melhor roteiro
O ator Daniel Kaluuya na cerimônia do Oscar, filme "Corra" ganhou melhor roteiro - AFP

TONY GOES

Menos de uma semana depois de derrotar concorrentes de peso na disputa pelo Oscar de melhor roteiro original, “Corra!” chega ao Telecine Premium (o filme já estava disponível no sob demanda há alguns meses).

A história mistura comédia e terror, além de uma boa dose de crítica social. Um jovem negro (Daniel Kaluuya) viaja com a namorada branca para a casa de campo dos pais dela. Lá, ele descobre que a aparência de civilidade esconde uma realidade perversa, carregada de racismo.

"Corra!” também foi indicado a melhor filme e Jordan Peele, além de vencer como roteirista, concorreu a melhor diretor.

Telecine Premium, 22h, 14 anos


Aquarius 

A história de Clara, uma mulher que luta contra a especulação imobiliária para continuar no prédio onde mora em Recife, rendeu a Sonia Braga a melhor atuação de sua carreira. O filme nacional mais premiado de 2016 estreia na TV aberta, e promete continuar dividindo opiniões.

Globo, 0h40, 16 anos


Paixão Obsessiva

Uma mulher divorciada não suporta que seu ex-marido já esteja noivo de outra. Com Katherine Heigl (“Grey’s Anatomy”) e Rosario Dawson (“Luke Cage”).

HBO, 22h, 14 anos


Face a Face

A série francesa explora algumas das rivalidades do mundo moderno: Bill Gates vs. Steve Jobs, Coca-Cola vs. Pepsi, Nelson Mandela vs. Frederik de Klerk.

Netflix, livre


O Melhor da Academia

A academia que dá nome da maratona não é a de Hollywood. Todos os filmes programados valorizam a força bruta: “Os Mercenários” (18h, 16 anos), “O Incrível Hulk” (20h, 10 anos), “Sem Dor, Sem Ganho” (22h, 18 anos) e “Lutador de Rua” (0h25, 16 anos).

Megapix, a partir das 18h


Maria Antonieta

A versão de Sofia Coppola para a história da rainha decapitada pela Revolução Francesa causou controvérsia, ao incluir elementos modernos como tênis de cano alto e sucessos do pop contemporâneo no século 18. Mas nada é mais discutível do que o final, aparentemente feliz.

Paramount, 22h, 14 anos


Love

A terceira —e última— temporada da série cômica criada por Judd Apatow já está no catálogo do serviço de vídeo sob demanda. Ao longo dos 12 derradeiros episódios, Mickey e Gus se ajeitam no trabalho e na vida pessoal, mas nem tudo sai como planejado.

 Netflix, 18 anos

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem