Estilo

Especialista dá dicas de como montar looks que deixam lingerie à mostra 

Inspire-se em produções de famosas como Anitta, Bruna Marquezine e Mariana Xavier

Fátima Bernardes durante desfile da 1ª noite de Carnaval 2018 no Rio
Fátima Bernardes durante desfile da 1ª noite de Carnaval 2018 no Rio - Reprodução Instagram/fatimabernardes
 

Sarah Mota Resende
São Paulo

Não é de hoje que mostrar, propositalmente, detalhes da lingerie é tendência bem vista no mundo fashion. De ocasiões mais sofisticadas a produções descontraídas, deixar detalhes como alças, rendas, pedrarias e tiras a vista pode ser prática adotada por qualquer uma. 

"Uma lingerie bem elaborada, com a cor adequada e dentro da composição do look, acrescentará elegância, bom gosto e sensualidade comedida, não comprometendo o visual", diz Daniela Tombini, diretora de uma marca de roupas íntimas. 

No Carnaval, para apresentar a primeira noite de desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, a apresentadora Fátima Bernardes "causou" com um body preto e em tule que deixava o sutiã à mostra. Outras celebridades como Anitta, Bruna Marquezine e Mariana Xavier também já apostaram em produções parecidas. 

Abaixo, inspire-se nas composições de famosas e veja dicas para adotar o visual no seu dia a dia.  


TULE 

Mulheres que gostam do tule —aquele tecido transparente e fino— podem deitar e rolar numa lingerie elaborada, a depender do horário, ocasião e grau de formalidade do momento. 

"Neste caso, o perfil físico determina a escolha. Para portes de estaturas menores, os tops; para silhuetas mais alongadas, os croppeds. Os detalhes da lingerie ficam à escolha da identidade de cada mulher", diz Tombini.

BODIES E ROBES 

Os bodies --aquela peça que lembra um maiô-- podem compor looks tanto casuais como sofisticados. Segundo Tombini, o leque de opções vai da clássica renda até as estampas. "Ficam ótimos quando usados com blazers, jaquetas, camisas e até mesmo sozinhos", afirma.  

Quando aos robes, aposte em modelos com franjas ou estilo capas, que são mais adequados para compor produções diurnas.

INVERNO 

Para o inverno deste ano, a especialista aposta em tons terrosos e noturnos, como azul noite, verge musgo, vinho marsala e preto —qualquer uma dessas cores aceita pontos de luz e sobreposições metalizadas. 

LIBERDADE

Outra tendência, arrisca Tombini, é abusar de peças que dispensam o bojo, sinônimo de desconforto para muitas mulheres, e dá sensação de liberdade. "A brasileira pode apostar nestes tipos de peças confortáveis, pois elas virão agregadas com detalhes de brilho e rendas macias."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem