Diversão

Grace Gianoukas retorna aos palcos de São Paulo para celebrar os 18 anos da peça 'Terça Insana'

'Nossa linha de comédia influenciou toda uma geração', afirma atriz

A atriz Grace Gianoukas no Terça Insana como Mulher Limão
A atriz Grace Gianoukas no Terça Insana como Mulher Limão - Divulgação
Leonardo Volpato
São Paulo

Uma mescla de comédia stand-up com o teatro de revista fez com que o projeto teatral Terça Insana tivesse longevidade e atingisse a maioridade neste ano. Criado em 2001, a atriz Grace Gianoukas, 55, produziu, escreveu e atuou nesse espetáculo de esquetes individuais, com a participação rotativa de vários atores.

“Em 2001, o [George W.] Bush assumia os Estados Unidos. Depois, houve o atentado às torres. Então na peça vamos lembrando acontecimentos”, diz Gianoukas. Para ela, o sucesso da longevidade vem dos papéis que os atores desempenham em cima do palco.

Para celebrar os 18 anos do projeto, Gianoukas revive os personagens lendários e recebe convidados semanalmente em curta temporada, aos sábados, no Teatro Folha, em São Paulo. Durante o espetáculo, Grace e Roberto Camargo, que está desde a primeira formação do elenco fixo, farão um bate-papo com o público, para contar insanidades, histórias e curiosidades dos bastidores do projeto.

“Cada personagem tem um segredo. No palco as pessoas podem ver a Aline Dorel, uma moça que abusa dos remédios, a Mulher Limão, outra pessoa amarga, a clássica Betina Botox feita pelo Roberto. Acima de tudo, fazem sucesso por gerar identificação e por darem voz aos excluídos. São papéis muito marcantes”, analisa Gianoukas, que ficaria com a peça em cartaz até o dia 15 de junho, mas devido ao sucesso e às salas lotadas ficará com o espetáculo até o dia 28 de julho.

Como característica, os personagens nunca baixam o nível. O lema da peça é fazer rir sem ofender. “Muita gente foi projetada pelo espetáculo, agora em maioridade. Marcelo Médici, Guilherme Uzeda, Marcelo Mansfield e Marco Luque, por exemplo. Fomos um divisor de águas. Na nossa comédia, ninguém é herói, somos todos falhos, e essa linha de comédia influenciou toda uma geração”, avalia.

O espetáculo, nesses 18 anos, já trouxe uma infinidade de interpretações. Segundo Grace, são mais de 700 tipos criados e cenas originais. “Nossa ideia sempre foi a de renovação. E cada personagem acaba angariando fãs. Por isso que as pessoas voltam para nos assistir e nós ficamos em cartaz tanto tempo."
 

Terça Insana

  • Quando De 4 de maio a 28 de julho, somente aos sábados, às 22h
  • Onde Teatro Folha: Av. Higienópolis, 618, Santa Cecilia, Shoppinh Higienópolis
  • Preço De R$ 60 a R$ 70
  • Classificação 16 anos
  • Capacidade 305 lugares
  • Duração 60 minutos
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias