Diversão

Cruzeiro com shows de Iza, Marcelo D2 e desfiles de moda de Paulo Borges sai lotado de Santos

Navio sai de Santos em direção ao Balneário Camboriu (SC)

A cantora Iza
A cantora Iza - Iwi Onodera/UOL
Fabiana Schiavon
São Paulo

Em seu primeiro ano com venda aberta ao público geral, o Chilli Mob Cruise, cruzeiro promovido pela marca de óculos Chilli Beans, sai com pacotes esgotados, nesta quarta (20) do Porto de santos (SP).

A programação tem shows da cantora Iza, Marcelo D2, apresentações de DJ's e desfiles de moda produzidos por Paulo Borges, fundador da São Paulo Fashion Week. 

"É o maior festival de música da América Latina em alto mar", afirma Caito Maia, presidente da Chilli Beans, que promove o evento. "Está lotado desde o fim do ano passado".

O navio Costa Favolosa, com capacidade para 3,8 mil pessoas, viaja em direção ao Balneário Camboriu (SC) na viagem que vai até o dia 23. Há até uma fila de espera de quem não conseguiu comprar o pacote. Com o sucesso, a marca investirá em novas edições. 

O cruzeiro nasceu como uma convenção de funcionários da Chilli Beans. "Sempre fazemos shows para lançar coleções e decidimos realizar o sonho de levar esses eventos internos para um navio. Só que muita gente que ia de fora ficava louca com a programação. Pensamos, então, em unir música, moda e arte e transformar em um produto vendido para o mercado", explica Maia. 

Os dois palcos de músicas ainda recebem os DJs Vintage Culture, Chemical Surf, Cat Dealers e Ashiba, além do bloco Agrada Gregos e outros 20 artistas de música eletrônica.

Entre os shows, Marcelo D2 e a cantora Iza são destaques. "Estou muito feliz por fazer parte dessa festa. Sempre quis cantar em um navio e, então, já sei que vou me divertir demais fazendo esse show. Imagino que a vibe seja incrível e vai ser muito legal fazer o que eu mais amo com aquele visual incrível", afirma Iza. 

Os estilistas Marcelo Sommer, Lino Vilaventura e João Pimenta estão na programação dos desfiles de moda. Outras atividades foram pensadas ao público jovem. 

"Terão workshops do Facebook, Instagram e outras atividades no lugar da programação mais básica do navio, que costuma ser mais careta", brinca Caito. "Decidimos deixar o passeio com uma nova cara e foi um sucesso", conclui o executivo.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias