Diversão

Museu de Paris exibe esqueleto inédito de Tiranossauro Rex, estrela de 'Jurassic Park'

O esqueleto do dinossauro, que viveu há aproximadamente 67 milhões de anos, está 75% completo

Exposição com esqueleto inédito do Tiranossauro começa nesta terça-feira
Exposição com esqueleto inédito do Tiranossauro começa nesta terça-feira - Divulgação

Descrição de chapéu RFI

O autêntico e raríssimo esqueleto de “Trix”, em homenagem ao mamífero pré-histórico que protagoniza o filme “Jurassic Park”, está sendo exibido a partir desta terça-feira (6) na galeria de Geologia e Mineralogia do Museu de História Natural de Paris, que inaugura uma exposição temporária.

O esqueleto de um dos maiores mamíferos já existentes, que viveu há aproximadamente 67 milhões de anos, está 75% completo e em excelente estado de conservação. O animal viveu no final do período cretáceo, onde seriam hoje os Estados Unidos. A espécie sobreviveu cerca de um milhão de anos no planeta.

O Tiranossauro, assim como outros dinossauros, teria sido parcialmente extinto, depois da queda de um meteoro de grandes proporções. Esta é a hipótese mais aceita pelos cientistas, que comparam o impacto ao de uma bomba atômica.

“Na época, os continentes estavam definidos praticamente como hoje, mas um mar interno, parcialmente seco, atravessava a América do Norte”, explica o paleontologista do museu Ronan Allain. O clima na região era subtropical, úmido e quente. A temperatura média da Terra era de 20°, contra 15° atualmente.

Cabeça de 1,5 metro

“Trix”, cujos 250 ossos foram distribuídos em caixas de dezenas de quilos, está viajando pela Europa durante a reforma do Centro de Biodiversidade Naturalis de Leyde, na Holanda, que é proprietário do esqueleto. Ele está em Paris para uma temporada de três meses, depois de passar por Salzbourg, na Áustria, e Barcelona, na Espanha.

A carcaça do dinossauro carnívoro foi descoberta em 2013, em um rancho de Montana, nos EUA, a pedido do museu holandês, que participou das escavações ao lado do instituto de pesquisa Blacks Hills, em Dakota do Sul. As proporções do animal, provavelmente uma fêmea, são impressionantes. O Tiranossauro tem 12,5 metros de comprimento, quatro de altura, uma cabeça de um metro e meio e um peso estimado de oito toneladas.

RFI
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem