Nina Lemos

Globo cancela especial de Roberto Carlos e mata o Natal

A TV Globo acabou com o Natal. E não precisou matar o Papai Noel para isso, Bastou cancelar o especial de fim de ano de Roberto Carlos. Na boa, vocês conseguem imaginar um Natal sem especial do Rei? Ok. A TV vai nos oferecer um bacalhau requentado: uma reprise do show do Roberto em Jerusalém. Não vale, TV Globo. O povo não é bobo.

Especial de fim de ano do Roberto Carlos tem que ter convidados esquisitos que estão fazendo sucesso no momento, uma dupla sertaneja, um cenário bem cafona, celebridades da emissora sentadas na primeira fila e, de preferência, a presença do irmãozinho Erasmo Carlos. Bom mesmo é quando além do show aparece um disco, ou um DVD, que uma tia sempre ganha e coloca para tocar na hora da ceia. Está aí uma verdadeira tradição brasileira.

Não lembro de nenhum Natal da minha vida sem um especial do Rei. Parece que ele esteve presente em todos os fins de ano da minha existência. Mesmo quando eu não gostava de Roberto Carlos. Ele estava ali. Tão certo como uma briga de família (o que sempre acaba acontecendo nessas festas).

O tempo muda, dirão alguns. Pois não deveria mudar. Acabar com especial do Roberto é o mesmo que acabar com a neve (onde neva), com o pinheiro e com os brinquedos das crianças. Ah, a TV Globo cancelou também o especial da Xuxa. Mas estou falando de majestade. E a rainha dos baixinhos vai ter que desculpar. Ela não é uma tradição brasileira, não. Ela é um hábito, o que é bem diferente.

A rede de TV prepara vários especiais de fim de ano para colocar no lugar do especial "dele". Um deles é um telefilme que vai ter a participação de Rodrigo Santoro. Desculpe, Rodrigo, pois perto do Rei você é um ninguém. Sim, o Natal acabou. E dizem que o mundo acaba em 2012.

Crédito: Zé Paulo Cardeal/TV Globo Globo vai apresentar show de Roberto Carlos em Jerusalém no lugar do especial de Natal
Globo vai apresentar show de Roberto Carlos em Jerusalém no lugar do especial de Natal

[an error occurred while processing this directive]
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias