De faixa a coroa

Miss Brasil adolescente vence mundial com discurso contra cyberbullying

Maria Fernanda Saggin, 18, é a primeira titular do Miss Teen Supra Grand

Maria Fernanda Saggin Ricardo Santos/Divulgação

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A adolescente Maria Fernanda Saggin, do Mato Grosso do Sul, foi coroada esta semana como a primeira vencedora do mundial Miss Teen Supra Grand. Com apenas 18 anos, a jovem deixou para trás outras 14 concorrentes na disputa, com um discurso bem articulado contra o cyberbullying.

"Eu nunca sofri cyberbullying, porém já tive amigos que sofreram", conta ela em bate-papo com a coluna. "Na época, eu apenas fiquei ao lado deles, porém hoje tenho conhecimento e sei que posso fazer mais. Essa prática horrível deve ser denunciada, pois é crime de calúnia e difamação", explica.

O termo se refere a práticas de violência realizadas em ambientes virtuais, e tem como características falta de compaixão, tolerância e respeito. De acordo com levantamento do instituto de pesquisa Ipsos, o Brasil é o segundo país com maior incidência de casos de cyberbullying contra crianças e adolescentes.

Como a violência digital é uma realidade global, todas as candidatas do Miss Teen Supra Grand trabalharam em cima do mesmo tema para seus discursos. Com o título em mãos, Saggin quer a partir de agora trabalhar na expansão de seu projeto social, "Não me Agrida", que combate o cyberbullying. A ideia dela é propagar a iniciativa não só em suas redes sociais, mas também em instituições de ensino, além de buscar apoio de autoridades.

"Num primeiro momento, meu projeto passou a promover conteúdo sobre o assunto. Agora como uma embaixadora teen internacional, pretendo palestrar em escolas para conscientizar sobre os danos dessa violência. Quero ajudar com informação visando ao combate ao cyberbullying", revela.

Saggin ainda apresentou na disputa um pouco da cultura brasileira, com um traje confeccionado pelo carnavalesco Adriano Moran, inspirado na lenda indígena de Jaci, a deusa da Lua. Com a pandemia, o concurso foi realizado de forma 100% virtual, mas, com a vitória, a brasileira foi presencialmente receber a faixa e a coroa em Lima, no Peru, onde fica a sede da organização do evento.

O concurso Miss Teen Supra Grand foi criado no final de 2020 pela empresária peruana Zulma Rossi, que é conhecida por seu trabalho à frente do latino Festival Americano de la Belleza.

"Participei de alguns concursos de beleza e não venci, porém quando surgiu essa nova oportunidade resolvi acreditar ainda mais no potencial e deu certo. Gostaria que toda adolescente soubesse que ela pode ser tudo que quiser. Eu, por exemplo, desejo ser médica e hoje estudo para o vestibular", diz.

RUMO AO MISS MUNDO

Natural de Rio Brilhante, a 160 km de Campo Grande, a jovem foi miss pela primeira vez em 2019, com apenas 16 anos. Em breve, quando já estiver com 20 anos, ela planeja voar mais alto, e concorrer no Miss Brasil Mundo, etapa nacional do Miss Mundo, uma das maiores competições do tipo no planeta.

Para isso, ela tem um plano já bem estruturado. O primeiro passo é desenvolver ainda mais seu projeto do cyberbullying, para levá-lo como case na prova Beleza Pelo Bem, que tem maior peso de nota na franquia Mundo. Depois, a jovem vai se jogar nos livros de idiomas, com as bolsas de estudo de inglês e espanhol que ganhou como um dos prêmios do Miss Teen Supra Grand. Da mesma forma, o terceiro passo vai ser aprimorar todos os aprendizados que teve com seu preparador, o consultor de misses Paulo Filho, que comanda também a página Hora da Miss.

"Essa foi minha primeira competição internacional e foi uma experiência incrível. Eu chorei muito, e toda nossa reação foi filmada e transmitida ao vivo. Foi muito intenso", emociona-se.

De faixa a coroa

Fábio Luís de Paula é jornalista especializado na cobertura de concursos de beleza, sendo os principais deles o Miss Brasil, Miss Universo, Miss Mundo e Mister Brasil. Formado em jornalismo pelo Mackenzie, passou por Redações da Folha e do UOL, além de assessorias e comunicação corporativa.
Contato ou sugestões, acesse instagram.com/defaixaacoroa e facebook.com/defaixaacoroa

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem