De faixa a coroa

Ex-BBB Jonas Sulzabch fala de sua trajetória e relembra dez anos do título de Mister Brasil

Aos 34 anos, modelo gaúcho também comenta sobre a mulher, Mari Gonzalez

O modelo e ex-BBB Jonas H Sulzbach
O modelo e ex-BBB Jonas H Sulzbach - Instagram/jonas.mbt

O tempo passou e nem ele mesmo percebeu! Com boas histórias para contar, Jonas Sulzbach, 34, se diz orgulhoso de celebrar neste mês dez anos desde que o venceu o título de Mister Brasil. Hoje, ele é conhecido do público por sua participação no Big Brother Brasil (Globo), de 2012.

Na juventude, Sulzbach recorda que não imaginava participar de um concurso de beleza, muitos menos que venceria e essa vitória o levaria à "casa mais vigiada do Brasil". "É muito louco! Eu nem tinha parado para pensar que dez anos já se passaram...", diz em entrevista exclusiva para o F5.

Ele afirma que ter participado do Mister Brasil foi um dos marcos em sua vida. "Isso me ajudou a ir para o BBB dois anos depois. É uma lembrança que eu tenho com muito carinho. Querendo ou não é um título que só eu tenho, então é muito especial."

Tudo aconteceu quando o modelo gaúcho recebeu, no início de 2010, um convite dos organizadores para representar a região de Ilha dos Lobos (RS) na disputa. No início, ele ficou um pouco desconfiado, por não ter muito conhecimento sobre o formato do evento, mas mergulhou de cabeça.

"Num primeiro momento, eu achei que era algo ligado a fisiculturismo, porque eu era bem desligado sobre concursos de beleza. Eu me informei melhor e me explicaram que era uma versão masculina do Miss Brasil", relata.

Quando desceu para o primeiro café da manhã dos misters, em um hotel luxuoso de São Paulo, Sulzbach diz que se sentiu um pouco deslocado. "Achei estranho porque todo mundo estava de blaser, camisa, todo arrumado… e eu estava de regata e bermuda! Até pensei em me trocar, mas logo entendi que se era para encarar um concurso desses e representar o Brasil por um ano, eu tinha que ser eu mesmo", relembra o modelo, aos risos.

"Acabou que deu tudo certo! Foram três dias de concurso com uma série de atividades e tarefas. Eu me surpreendi com a qualidade das provas e vi que era um negócio super sério. Foi uma coisa totalmente nova na minha vida, um universo totalmente diferente", detalha.

O momento que mais marcou o mister foi o anúncio da vitória. "Minha mãe estava lá, pessoas próximas, o que tornou tudo mais especial e me deu muito orgulho. Foi uma sensação gostosa, uma emoção única. Passou um filme na minha cabeça ao receber o troféu e abraçar todo mundo, tirando foto, minha mãe chorando, eu dando entrevista, indo para programas de televisão…".

Menos de uma semana depois da vitória, o ex-BBB embarcou rumo à Coreia do Sul para representar o Brasil no maior concurso de beleza masculina do Planeta, o Mister Mundo (Mister World). Lá a disputa já foi mais profunda, e Sulzbach ficou cerca de um mês no país asiático para cumprir todas as etapas e compromissos da competição.

Mesmo sem muita experiência e preparo, ele venceu a prova de habilidades como modelo e não fez feio, classificando-se entre os finalistas. "Eu nunca tinha ido para o exterior. Tive medo, não vou mentir, mas mesmo assim estava seguro e positivo. Fiquei muito amigo do Mister Angola que, assim como eu, não falava muito bem inglês. Para alguém que estava conhecendo aquele universo, foi um resultado super bacana. 2010 foi um ano especial na minha vida!."

 

CASAL MISS E MISTER

Natural de Lajeado (RS), Jonas Sulzbach sabe que tanto o título quanto o reality foram importantes para o momento que vive hoje. Com quase 3 milhões de seguidores nas redes sociais, ele mantém há quase sete anos o grupo fitness Mahamudra, que fundou ao lado de amigos.

Além disso, ele tem um relacionamento com a também modelo Mari Gonzalez, 26, que além de estar na casa do BBB deste ano, também tem seu pezinho nos concursos de beleza –ela foi miss aos 19 anos. Natural de Salvador (BA), Gonzalez foi candidata municipal no Miss Bahia 2013, representando a cidade de Lauro de Freitas.

"A Mari já tinha me falado que tinha participado de um concurso na Bahia, mas não sabia muitos detalhes. Não foi muito divulgado, e ela era bem novinha. É muito louco que temos uma experiência igual, e o BBB também. Somos o primeiro casal que participa do Big Brother em anos separados, eu em 2012, e ela agora. Digo isso pois a maioria dos casais se conhece lá dentro e tudo mais", analisa.

Sulzbach não acha que ter participado de certames foi negativo tanto para ele quanto para Mari em suas participações no BBB. "Preconceito, eu não senti. Até no início, o Bial me chamava muito de mister, mas depois ficou Jonas mesmo. Até me senti mais à vontade. Ao sair, meus amigos falaram que eu quebrei vários estereótipos e representei a classe dos misters e modelos. Recebi muitas mensagens positivas e fiquei muito feliz com isso."

Para quem se inspira nele e quer também tentar um título de Mister, o gaúcho não hesita em dar suas dicas e o caminho das pedras. "Eu sempre falo em ser muito autêntico. O mister tem que ser uma pessoa muito simpática e de sorriso fácil. Sem falar em postura ao falar com as pessoas, sempre com respeito, e isso faz muita parte do caráter. É difícil formar um mister, pois muitas características especiais já vem da pessoa. Dá pra lapidar muita coisa, mas precisa ter já uma essência e sentir isso no fundo do coração."

De faixa a coroa

Fábio Luís de Paula é jornalista especializado na cobertura de concursos de beleza, sendo os principais deles o Miss Brasil e Miss Universo. Formado em jornalismo pelo Mackenzie, passou por Redações da Folha e do UOL, além de assessorias, como a da Fox.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem