Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione
Descrição de chapéu feminicídio

Feminicídio pauta nova série dramática da Disney no Brasil

'Não Foi Minha Culpa' enfoca violência contra a mulher e já tem data de estreia no Star+

A atriz Fernanda Nobre na série 'Não foi Minha Culpa'
A atriz Fernanda Nobre em cena para a série 'Não Foi Minha Culpa', série sobre feminicídio da plataforma Star+, da Disney, no Brasil - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Histórias de vítimas de feminicídio e violência contra mulheres de diferentes idades e classes sociais fazem a nova série brasileira de drama produzida para a Star +, plataforma de conteúdo não infantil da Disney, batizada como "Não Foi Minha Culpa".

Com episódios independentes, em formato de antologia, o título tem estreia marcada para 10 de agosto no serviço de streaming.

Filmada na cidade de São Paulo e realizada pela Cinefilm, a produção expõe enredos inspirados em acontecimentos reais, tendo o Carnaval como ponto em comum entre as trajetórias ali enfocadas.

A celebração, que representa a liberdade e a tolerância, serve de cenário para tramas que revelam as contradições da sociedade machista, racista e misógina do país.

"Não Foi Minha Culpa" é estrelada por Bianca Comparato, Lorena Comparato, Aline Dias, Fernanda Nobre, Karol Lannes, Ana Paula Secco, Gabrielle Joie, Sandra Corveloni, Virginia Rosa, Luana Xavier, Suzy Lopes, Simone Iliescu e Dandara Mariana.

Completam o elenco: Armando Babaioff, Malu Mader, Vinicius de Oliveira, Daniel Blanco, Elisa Lucinda, Cyria Coentro, Dalton Vigh, César Melo, Enrico Cardoso, João Baldasserini, Felipe Kannenberg, Jennifer Nascimento, Marat Descartes, Marcelo Airoldi, Robson Nunes e Rômulo Braga.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem