Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

Esporte Espetacular lança série sobre profissionais do futebol que não fazem gol

'Artesãos' mostra que o amor ao esporte toca corações por meio da arte

Homem de máscara apoiado em mesa com tecidos, com rolos de tecido atrás
Repórter José Renato Ambrósio estreia série 'Artesãos' - Globo/Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Campinas

O Esporte Espetacular conta neste mês a história de quatro pessoas que, longe dos holofotes, contribuem para que o amor pelo esporte continue a mexer com as multidões. Ao longo de quatro episódios, o programa exibe a série "Artesãos", que estreia neste domingo (5), às 10h, na Globo.

Sem marcar gols, conquistar títulos ou sequer conhecer seus ídolos, o alfaiate André Moura, produz réplicas de camisas históricas dos clubes de futebol nacionais e internacionais. Ele é o primeiro personagem a ser visitado pelo repórter José Renato Ambrósio, em Niterói, no Rio de Janeiro, para falar sobre a importância de seu trabalho.

"Nossa intenção era mostrar pessoas que alimentam a paixão pelo futebol através de algum ofício. Gente que está bem distante dos grandes palcos, dos craques e dos clubes, mas que através de uma paixão e de um talento nos fazem de alguma forma manter acesa a paixão por este esporte", explica o jornalista.

O segundo episódio conta a história um pintor de São Paulo, especialista em customização de chuteiras e tênis, que já chegou a personalizar sapatos de jogadores profissionais do futebol.

No terceiro, Ambrósio apresenta dois primos de Jundiaí, cidade no interior paulista, que são apaixonados por futebol de mesa desde a infância e que transformaram este amor em um negócio que sustenta a família.

O último episódio da série apresenta um escultor de Belo Horizonte, capital mineira, que desenvolveu uma técnica para produzir réplicas de troféus nacionais e internacionais. O trabalho detalhista passou a ser procurado por atletas para que desejavam ter em casa lembranças fiéis de taças que conquistaram ao longo da carreira.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem