Zapping - Cristina Padiglione

SBT bate Globo pelo triplo de audiência com vitória do Palmeiras na Libertadores

Emissora ficou por 2h35 minutos na liderança absoluta na Grande São Paulo

Deyverson na final da Libertadores - jogo de futebol
Deyverson joga pelo Palmeiras, contra o Flamengo, na final da Libertadores da América, - Facebook Conmebol
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Segundo dados preliminares aferidos pela Kantar Ibope, o SBT bateu a Globo por praticamente o triplo da audiência durante a partida que definiu o Palmeiras como vencedor da Taça Libertadores da América, neste sábado (27), em final jogada contra o Flamengo.

A presença de dois times brasileiros, mais uma vez, foi ponto alto para a final. Na faixa horária compreendida entre 17h e 19h35, o SBT obteve 26,3 pontos de média e 31 pontos de pico. No mesmo horário, a Globo, em segundo lugar, teve 9,3 pontos de média, enquanto a Record se contentava com 3,4 e a Band, com 1,9 ponto na Grande São Paulo.

RESPALDO

Cada ponto corresponde a 205.377 pessoas na região. O placar, se for mantido nos dados consolidados, representa um ganho em relação à final do mesmo campeonato, então com calendário atrasado, que ocorreu em março e também sagrou o Palmeiras como campeão.

Na edição passada, a final da Libertadores fez 24,7 pontos para o SBT e 11, 2 na Globo —a TV de Silvio Santos agora cresceu, enquanto a Globo se retrai ainda mais.

O SBT permaneceu na liderança por 155 minutos (2 horas e 35 minutos).

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem