Zapping - Cristina Padiglione

'Éramos Seis' ganha injeção de tecnologia e troca de roupa na virada de década

Rádio, ferro elétrico, novas construções e figurino mais justo entram em cena

Carlos ( Danilo Mesquita ), Alfredo ( Nicolas Prattes ), Julinho ( André Luiz Frambach ) e Isabel ( Giullia Buscacio )
Carlos ( Danilo Mesquita ), Alfredo ( Nicolas Prattes ), Julinho ( André Luiz Frambach ) e Isabel ( Giullia Buscacio ) - RaquelCunha/Globo

A virada de uma década em “Éramos Seis”, partindo para a segunda fase da novela das seis da Globo, ganhou uma boa repaginada cenográfica, com a chegada de novidades tecnológicas da época, além de novas construções na vizinhança de Lola (Glória Pires) e Júlio (Antonio Calloni) na avenida Angélica.

O figurino, um charme à parte em novela de época, sofreu completa mudança de guarda-roupa. A nova etapa, agora nos anos 1930, acaba de chegar à tela. Entram em cena roupas com silhuetas mais marcadas, modelos mais geométricos e tecidos menos estampados.

Na cenografia, as casas dos personagens mais abastados ganharam rádios e telefones que discam diretamente, sem precisar de auxílio de telefonista.

Torradeira elétrica, fogão a gás e ferro de passar elétrico também vão desfilar em cena, como sinal dos novos velhos tempos.

 ​RETA FINAL

Intérprete do Chiclete, personagem que foi ganhando espaço em “A Dona do Pedaço”, Sérgio Guizé comemora o sucesso do papel: “Começar como um matador e terminar a novela em um casal meio Romeu e Julieta é um desafio.” De fato, isso só é possível com as reviravoltas de uma telenovela. 

 

NO AR

Caike Luna e Lindsay Paulino protagonizam nova temporada da série “Baby e Rose” no Multishow, no ar de segunda a sexta-feira, às 22h. A dupla faz um programa de TV que satiriza quadros de entrevistas, receitas, leituras de cartas de telespectadores, astrologia e atrações musicais. Estreia nesta segunda (4).

Baby e Rose no Multishow
As personagens Baby e Rose, interpretadas por Caike Luna e Lindsay Paulino, irão protagonizar mais uma temporada do humorístico que leva seus nomes, Baby e Rose, no Multishow - Gabriel Nunes Mendes / Divulgação Multishow.

 ​MARCO

Em memória ao 4º aniversário do rompimento da barragem da Samarco, tragédia sócio-ambiental ocorrida no entorno de Mariana (MG), o Canal Brasil exibe nesta terça-feira (5)., às 21h50, o curta-metragem de ficção “Quando a Terra Treme”, dirigido por Walter Salles, com Maeve Jinkings em cena.

Quando a Terra Treme, de Walter Salles
Quando a Terra Treme, de Walter Salles - Reprodução

PAUSA

A Globo vai atravessar seu segundo ano sem novela das onze (ou supersérie). A produção de “Verdades Secretas 2” deverá ficar para 2021 e sua primeira janela de exibição caberá ao Globoplay. “O Selvagem da Ópera”, inicialmente planejada para essa vaga, será produzida como novela das seis.

A BOA DO DIA

Série sobre ciúme, suas causas e efeitos nocivos, estreia no Jornal da Band
De segunda a sexta, às 19h20
 

AUDIÊNCIA

  • 7,4 pontos teve a mexicana “A que Não Podia Amar” no SBT na quinta (31)
     
  • 5 pontos teve a reprise de ‘Caminhos do Coração’ na Record na quinta

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 48, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem