Zapping - Cristina Padiglione

Demissões na Globo são fruto de planejamento de longo prazo

Cortes seguem modelo 'Uma Só Globo', já implementado no departamento de esportes

Galvão Bueno e Marcelo Adnet
Departamento de esportes já atravessou junção de equipes que trabalham para todas as plataformas do grupo. Aqui, caracterizado como Galvão Bueno, Marcelo Adnet posa ao lado de sua inspiração, pouco antes da partida da final da Copa América - João Miguel jr./Divulgação

Como efeito de um planejamento em desenvolvimento há mais de dois anos, que prevê a união de produções dos canais pagos ao canal aberto, juntando expedientes úteis também ao Globoplay, a TV Globo dispensou mais de cem funcionários nesta quinta-feira (7).O projeto intitulado Uma Só Globo passa pela redução de profissionais para a realização de tarefas comuns a várias plataformas do grupo, como aconteceu com o departamento de esportes há mais de um ano, na junção entre Globo, SporTV e GloboEsporte.com. Consultada, a Globo informou, por meio de sua equipe de comunicação: “Não comentamos questões internas. Todas as grandes empresas modernas passam por processos na busca de eficiência e evolução constante e, nesse contexto, é natural que se façam ajustes. Na Globo não é diferente”.
 

HORA DE DAR TCHAU

Bruno Gagliasso também deixou a Globo, mas por opção sua. Após 18 anos de sucessivos contratos por longos períodos, o ator não quis renovar seu vínculo dessa vez, alegando que quer liberdade para assinar acordos por cada obra que vier a escolher fazer, na concorrência ou na própria Globo. 


CILADA

Lúcia (Débora Bloch) vive um dia particularmente difícil no próximo episódio da série “Segunda Chamada”, terça-feira, na Globo. Enquanto luta para enfrentar os seus fantasmas e dramas pessoais, a turma da professora é assaltada por um dos alunos da escola, que terá um desfecho trágico.

Segunda Chamada; série
Série Segunda Chamada: Lúcia (Debora Bloch) entra na sala e o aluno encapuzado coloca a arma em sua cabeça. - Mauricio Fidalgo/Divulgação

SINTOMAS

Ao Persona em Foco que a TV Cultura exibe nesta sexta (8), às 22h45, Cássia Kis, 62 anos, fala sobre bipolaridade e depressão: “Consegui tirar meus medicamentos sozinha, os três... Fui desmamando aos poucos (...). Não é à toa que depois que tomei essa decisão meu casamento acabou”.

Persona Em Foco com Cássia Kis
Cássia Kis no programa Persona em Foco da TV Cultura - Nadja Kouchi/Divulgação

SINAL DOS TEMPOS

Hit de “Vale Tudo” (1988), a música “É”, de Gonzaguinha”, estará de volta na próxima novela das nove da Globo, “Amor de Mãe”, em sua gravação original. A canção, que pede carinho, atenção e respeito ao cidadão, será tema de abertura da trama de Manuela Dias. Estreia no dia 25.

 

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 48, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem