Cabelo, Make & Mais

Sculptra: o segredo do corpo de Sabrina Sato no Carnaval, e mais opções de cuidados

Terapias em consultório para tratar celulite, gordurinhas e flacidez

A apresentadora Sabrina Sato como rainha da escola de samba Gaviões da Fiel
A apresentadora Sabrina Sato como rainha da escola de samba Gaviões da Fiel - Divulgação

Fenômenos que se repetem a cada Carnaval: Sabrina Sato dar show nas duas escolas de samba em que desfila (a Gaviões da Fiel, em São Paulo, e a Unidos de Vila Isabel, no Rio de Janeiro) e todo mundo ficar invejando o seu corpo escultural.

Ensinar a sambar não é exatamente a minha expertise, mas investigar o que está por trás de um abdômen perfeito e de um bumbum que desafia a gravidade, sim. E, neste ano, o que fez a diferença nas formas impecáveis de Sabrina (além da malhação pesada de sempre, claro) foi um tratamento à base de Sculptra, bioestimulador, que os dermatologistas têm usado bastante.

A apresentadora afirma tem trabalhado muito nos últimos meses por causa da gravação de seu programa na Record, Domingo Show, que estreia neste domingo (8), no Dia Internacional da Mulher.  "Faltou tempo para malhar com a intensidade da qual eu gosto. Então, para me preparar para o Carnaval, decidi fazer um tratamento com Sculptra. Conversei bastante com meu dermatologista antes, já que ele usa essa substância há anos, li, e me informei muito."

"Na barriga, deu uma colada na pele, coisa meio difícil de acontecer depois de uma gestação, né? Adorei. No bumbum, amei ainda mais o resultado. Ficou mais liso, diminuiu a celulite e a flacidez, a pele ficou incrível. O efeito é sensacional", diz Sabrina, ao ressaltar que o procedimento é pouco invasivo. "Mas cada pessoa reage de uma forma. Minha recomendação é: só faça com acompanhamento médico", completa. 

Conversei com o dermatologista Alberto Cordeiro, que cuida da apresentadora há mais de um ano (desde o nascimento de sua filhinha, Zoe), para conferir os detalhes do protocolo seguido.

A partir de agora, você vai conhecer como funciona o método ao qual a estrela aderiu e ainda ficar por dentro de duas novidades para deixar o corpo em forma –com menos gordura localizada, menos celulite e menos flacidez. Sonho de consumo até para quem não tem como objetivo brilhar no sambódromo.

Sculptra: injeções contra a flacidez e as ondulações

Foi o principal tratamento seguido por Sabrina Sato na preparação para o Carnaval de 2020. As aplicações no bumbum e do abdômen começaram em meados do ano passado e a antecedência é explicável. O Sculptra é um bioestimulador à base de ácido poli-L-lático, um ativo que instiga o corpo a fabricar mais colágeno – fibra responsável por deixar a pele mais elástica e com um aspecto mais preenchido e mais regular.

Ele começa a fazer efeito um mês após ser utilizado, sendo que o resultado final aparece cerca de seis meses depois. A área tratada fica mais firme, mais macia e mais regular e as ondulações características da celulite diminuem ou até mesmo desaparecem, dependendo do grau do problema.

O produto é injetável: o médico aplica várias doses na área predefinida, sempre nas camadas mais profundas da pele. No bumbum de Sabrina, por exemplo, foram usados dois frascos da substância, um para cada glúteo. Utiliza-se um anestésico tópico ou injetável no local, para diminuir o desconforto.

Após o procedimento, é preciso fazer uma massagem vigorosa para distribuir adequadamente o Sculptra por toda a região. “Além de receber esse estímulo na clínica, logo na sequências das injeções, recomendo que minhas pacientes continuem massageando a área por uma semana, na frequência de duas vezes ao dia”, explica o Dr. Alberto Cordeiro. “É importantíssimo para um bom acabamento final.” 

Para se chegar a um resultado ideal, o indicado são três sessões, com intervalo de 30 a 60 dias entre elas. Importante: o Sculptra não pode ser utilizado em pontos onde previamente tenham sido injetados preenchedores permanentes, como silicone ou PMMA.

Há o risco de acontecerem reações imprevistas. Também vale avisar que podem ocorrer efeitos colaterais, como o surgimento de hematomas e, mais raramente, de nódulos. Caso isso aconteça, confirme com o médico que realizou o tratamento quais são as melhores medidas a tomar.

Coolwaves: ondas eletromagnéticas para enxugar as formas

Lançado no Brasil no segundo semestre do ano passado, o Onda Coolwaves, equipamento de origem italiana, traz uma terapia bem inovadora. “Ele utiliza micro-ondas guiadas por um campo magnético. Essas ondas geram oscilações e produzem microperfurações nas células de gordura sob a pele”, esclarece a médica nutróloga Cristiane Coelho Ognibene, precursora na utilização da técnica no país. O processo leva à eliminação da substância.  

Além de promover uma perda de medidas, o Onda Coolwaves apresenta outro efeito bem interessante: por agir também sobre o colágeno, ajuda a melhorar a flacidez. O resultado final é de pele mais uniforme (com menos ondulações aparentes) e mais firme. Modelos famosas pelo corpão, como Renata Kuerten e Barbara Beluco, já experimentaram e aprovaram o método, que requer ao menos duas sessões para fazer efeito.

As ondas emitidas pelo aparelho provocam um aquecimento intenso (de mais de 50 graus) no local tratado. Mas não há sensação de queimadura ou de ardor: cerca de 80% do aquecimento ocorre na hipoderme, uma camada bem abaixo da superfície. Já os 20% restantes se dispersam pela derme, a camada intermediária da pele.

A gordura eliminada pelas células acaba tendo dois destinos. Ou é usada como fonte de energia pelo corpo, ou é lentamente eliminada pelo sistema de circulação linfático. Para estimular que essa eliminação ocorra de uma maneira mais acelerada, alguns médicos costumam recomendar que a paciente faça uma drenagem linfática (massagem realizada por esteticistas) um ou dois dias após a aplicação do Coolwaves.

Summer Fit: ultrassom e radiofrequência associados

Um terceiro tratamento corporal com resultados bem interessantes é o Summer Fit, lançado em janeiro pela empresa Alma Prime. Ele associa dois recursos presentes um mesmo equipamento –o ultrassom e a radiofrequência– para estimular a eliminação da gordura, e aumentar a firmeza da pele.

A primeira etapa da terapia, com o ultrassom, leva cerca de 20 minutos e promove um aquecimento da camada de gordura a até 42 graus. No momento seguinte, entra a radiofrequência, aplicada por cerca de 40 minutos. Ela também provoca aquecimento, porém, em outra camada da pele, na derme. E, graças a isso, estimula a síntese de colágeno, combatendo a flacidez.

São necessárias de quatro a seis sessões para que se obtenha um bom resultado. O intervalo entre elas pode ser semanal ou quinzenal.

E os preços? O CRM (Conselho Regional de Medicina) veta que os médicos informem valores de tratamento em suas entrevistas. Mas em uma apuração feita online e com os fabricantes, pude chegar a alguns patamares que funcionam como parâmetro.

Quando se utiliza o Sculptra, cobra-se a cada frasco utilizado (em geral, a partir de R$ 2500 a unidade). As aplicações de Coolwaves costumam custar a partir de R$ 1000 a região. E o preço de uma sessão de Summerfit parte de R$ 600.

Cabelo, make & mais

Maria Cecília Prado (@mceciliaprado) é jornalista especializada em beleza, lifestyle e consumo. Foi editora nas revistas "Elle", "Claudia" e "Estilo" e escreveu o livro a "Beleza dos Signos". Atua como consultora, desenvolve conteúdos customizados e coordena o site "Beauty Editor", referência em tendências, notícias de beleza e reviews de produtos.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem