Biblioteca da Vivi

Fernanda Young tem obras que serão discutidas ainda por muito tempo

Escritora que morreu no último domingo deixa títulos

 Retrato de Fernanda Young, escritora, atriz, roteirista e apresentadora de televisão brasileira
Retrato de Fernanda Young, escritora, atriz, roteirista e apresentadora de televisão brasileira - Lucas Lima/UOL/Folhapress
Vivian Masutti
São Paulo

Muito conhecida por ser uma das criadoras da série de TV "Os Normais" (Globo, 2001-2003), a escritora Fernanda Young, que morreu no último domingo, vítima de complicações de uma crise de asma, também escreveu diversos livros. Eles merecem atenção redobrada, pois não apenas refletem a opinião de uma mulher inteligente e cheia de humor, mas também são fruto de uma das mais importantes mentes pensantes do país. Fernanda se foi. Mas sua produção é eterna. E uma boa maneira de agradecê-la pelo que escreveu é conhecer um pouco mais a sua obra.

Pois nem só dos ótimos programas "Irritando Fernanda Young" (2006-2010) e "Minha Nada Mole Vida" (2006-2007) vivia a existência da artista (famosa também pela frutífera parceria com o marido, Alexandre Machado, com quem produziu para a televisão e para o cinema). Foram 15 séries para a TV. Aos 49 anos, quando morreu, Fernanda nos deixou mais de uma dezena de títulos, entre romances e pílulas de reflexão. A escritora, que começou três faculdades e não terminou nenhuma, preferiu ser na prática mestre de seu estilo.

Na coluna de hoje, elenco alguns desses livros, que podem ajudar o leitor a conhecer um pouco mais do universo da artista.

Um exemplo é a coletânea "A Mão Esquerda de Vênus" (R$ 59,90, 336 págs., Globo Livros, 2016), que conta com versos íntimos, desenhos, anotações e fotografias da autora. "Estragos" (R$ 44,90, 216 págs., Globo Livros, 2016) é outro bom livro para apresentá-la, já que traz os seus primeiros contos: 18 histórias, escritas entre 1987 e 1995, quando ela tinha entre 16 e 25 anos. Nelas, seu estilo mordaz já se mostrava evidente.

Em "A Louca Debaixo do Branco" (R$ 50, 244 págs., Rocco, 2012), ganham espaço alguns temas debatidos por Fernanda quando fazia parte do polêmico e também adorado programa Saia Justa (GNT). No livro, a escritora se veste de noiva para, depois, despir-se, em sessões com fotógrafos de grife. Não à toa ganhou o conceituado Prêmio Jabuti de melhor projeto gráfico por Edu Hirama. 

Seu último livro foi lançado no ano passado, "Pós-F - Para Além do Masculino e do Feminino" (R$ 34,90, 128 págs., Leya), a primeira obra de não ficção da autora, na qual discute o que é ser homem e o que é ser mulher hoje. O título realça o que a artista é: uma feminista corajosa, ousada, contundente, criativa e, acima de tudo, sem papas na língua. Sempre provocadora, Fernanda Young continuará questionando eternamente por meio de sua obra. 

OS MAIS VENDIDOS

FICÇÃO
1    "A Garota do Lago", de Charlie Donlea (Faro)
2    "Eleanor & Park - Slim", de Rainbow Rowell (Novo Século)
3    "A Princesa Salva a si Mesma Neste Livro", de Amanda Lovelace (Casa da Palavra)
4    "A Bruxa Não Vai para a Fogueira Neste Livro", de Amanda Lovelace (Casa da Palavra)
5    "Box - HP Lovecraft", de HP Lovecraft (Pandorga)

NÃO FICÇÃO
1    "Sapiens - Uma Breve História da Humanidade", de Yuval Noah Harari (Publibook)
2    "Mindset", de Carol Dweck (Objetiva)
3    "A Arte da Sabedoria", de Baltasar Gracián (Faro)
4    "Escravidão "“ Vol. 1", de Laurentino Gomes (Globo)
5    "O Livro da Psicologia", (Globo)

AUTOAJUDA
1    "A Sutil Arte de Ligar o Foda-Se", de Mark Manson (Intrínseca)
2    "Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas", de Dale Carnegie (Companhia Editora Nacional)
3    "O Milagre da Manhã", de Hal Elrod (Record)
4    "Minutos de Sabedoria (Simples)", de Carlos Torres Pastorino (Vozes)
5    "Mais Esperto que o Diabo - o Mistério Revelado da Liberdade e do Sucesso", de Napoleon Hil (CDG)

Fonte: Livrarias Saraiva (de 19 a 25.ago.2019)

Biblioteca da Vivi

Vivian Masutti, 34, é jornalista formada pela Cásper Líbero e bacharel em letras (português e francês) pela USP (Universidade de São Paulo), onde também cursou a Faculdade de Educação e obteve licenciatura plena em língua portuguesa. No Agora, é coordenadora da Primeira Página.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem