Bate-Papo na Web
Descrição de chapéu Facebook

Telegram tem vantagens e desvantagens em relação ao WhatsApp

PL das fake news pode levar ao bloqueio do aplicativo de origem russa

Telegram
Telegram tem muitos pontos positivos em relação ao WhatsApp, mas também desvantagens importantes. - Dado Ruvic/Reuters
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Alessandra Kormann

Na próxima terça (26), o projeto de lei das fake news que está tramitando no Congresso deve voltar a ser discutido. Segundo matéria da Folha, o texto prevê medidas que podem levar ao bloqueio do Telegram no Brasil.

Isso porque o aplicativo de origem russa não tem representante legal aqui e costuma descumprir determinações do Ministério Público –entre as sanções previstas pelo PL, estão desde advertência até proibição do exercício das atividades no país.

Com o apagão global do WhatsApp, Facebook e Instagram no começo do mês, o Telegram anunciou que ganhou 70 milhões de usuários novos no mundo durante a pane. No começo do ano, o aplicativo já tinha 500 milhões de usuários —o WhatsApp tem mais de 2 bilhões. No Brasil, ele está instalado em 53% dos celulares, enquanto o WhatsApp está presente em 99%.

A falta de representante no Brasil e o tamanho não são as únicas diferenças entre os dois. No WhatsApp, as listas de transmissão podem ter no máximo 256 contatos. Já nos canais do Telegram não há limite.

As conversas em grupo no WhatsApp também só podem ter no máximo 256 participantes, enquanto os grupos no Telegram acomodam até 200.000 pessoas. Isso pode ser ótimo para empresas sérias e causas importantes, por exemplo, mas péssimo para o combate à desinformação.

O Telegram tem outras vantagens mais inofensivas. No WhatsApp, as chamadas de vídeo em grupo podem ser feitas entre no máximo oito pessoas. No Telegram, não há limites para conversas de grupo em áudio e as primeiras 30 pessoas que entrarem na conversa podem ativar o vídeo.

O envio de arquivos grandes também é um diferencial do Telegram: ele permite mandar arquivos com até 2GB, enquanto que no WhatsApp esse limite é de apenas 16 MB.

Além disso, no Telegram é possível procurar as pessoas pelo nome (se elas optarem por mostrá-lo). Ele também tem uma aba de contatos, que podem ser ordenados por nome (ordem alfabética) ou por quem visualizou por último (quem está online aparece primeiro).

Enfim, o Telegram tem muitos pontos positivos em relação ao WhatsApp, mas também desvantagens importantes. As fakes news proliferam em ambos, mas o WhatsApp pelo menos parece tentar combatê-las, com recursos como alerta de mensagens encaminhadas com frequência e uma lupa para checar o seu conteúdo, além de fazer parceria com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Um problema grave do Telegram é a falta de representação no Brasil e de disposição da empresa para colaborar com a Justiça (só colabora em investigações sobre terrorismo).

O fato é que o melhor programa de mensagens é aquele em que todos os seus contatos estão. Nesse ponto, o WhatsApp (ainda) ganha de lavada. Se vai manter essa liderança, só o tempo dirá.

Bate-Papo na Web

Alessandra Kormann é jornalista, tradutora e roteirista. Trabalhou sete anos na Folha.
Desde 2005, é colunista do Show!, do jornal Agora.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem