Bate-Papo na Web

Confira dicas para não cair no novo golpe do WhatsApp

Fraude pode ser aplicada de diversas maneiras: ligação, mensagens e promoções

Foto ilustrativa do WhatsApp - REUTERS
Descrição de chapéu Agora

Cuidado, tem golpe novo na praça! É o golpe do WhatsApp. Na verdade, ele nem é tão novo assim, há notícias sobre isso desde 2017. Mas, pela quantidade de relatos recentes, tudo indica que a prática está se espalhando cada vez mais. Então vale a pena redobrar a atenção.

O golpe pode ser aplicado de diversas maneiras. Pode ser por meio de uma ligação, em que você recebe um convite para um show ou evento grátis. Pode ser por meio de mensagens de texto, supostamente de sites de anúncios em que você tem conta, alegando algum problema no cadastro. Ou ainda mensagens aparentemente de lojas conhecidas, oferecendo produtos gratuitos.

Para conseguir os convites, corrigir o problema ou ganhar os brindes, o usuário é orientado a fornecer um código recebido por SMS. Só que, na verdade, esse código permite a validação da conta do WhatsApp em outro celular (é usado quando você troca de aparelho).

Quando a pessoa fornece o código, o golpista assume o controle da conta do WhatsApp. Assim que entra na conta, ele ativa a verificação em duas etapas, e o antigo dono não consegue mais entrar. Em seguida, o golpista começa a enviar mensagens se passando pela pessoa e pedindo depósitos em dinheiro para uma emergência. Muita gente cai.

Então, o que fazer para evitar? Primeiro, nunca forneça o código de ativação do WhatsApp para ninguém. Segundo, sempre é bom lembrar, não acredite em ofertas muito sensacionais e convites incríveis. E terceiro, ative a verificação em duas etapas.

Para fazer isso, entre em “Ajustes” ou “Configurações”, depois em “Conta” e em “Confirmação em duas etapas”. Aí é só criar uma senha (não use datas e sequências fáceis), e ativar.

​E se a pessoa já caiu no golpe? Se der tempo, abra o seu WhatsApp, entre na parte de configurações, clique em “WhatsApp Web” e em “Sair de todas as sessões”. Se for tarde demais, escreva para support@whatsapp.com. E avise os seus contatos na hora.

Agora

Bate-Papo na Web

Alessandra Kormann é jornalista, tradutora e roteirista. Trabalhou sete anos na Folha.
Desde 2005, é colunista do Show!, do jornal Agora.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem