Cinema e Séries
Descrição de chapéu Cinema

Omar Sy, astro de 'Lupin', assina contrato para produzir filmes na Netflix

Ator disse que está muito feliz por estender a relação com a plataforma

Omar Sy como Assane em 'Lupin' - Divulgação/Netflix
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Los Angeles
AFP

Omar Sy, 43, assinou um acordo para trabalhar na produção de filmes para a Netflix por vários anos, informou a plataforma nesta terça-feira (12). Atualmente, ele é protagonista da série "Lupin", sucesso na plataforma.

A estreia da série de mistério francesa é a terceira temporada mais assistida, depois de "Round 6" e "Bridgerton". Ela cativou 76 milhões de espectadores em seu primeiro mês, segundo números internos.

Um segundo pacote de episódios foi lançado em junho, com mais aventuras ansiosamente esperadas. A trama é livremente baseada nos romances do escritor Maurice Leblanc, do começo do século 20.

O acordo anunciado pela Netflix nesta terça não especificou os termos financeiros ou projetos específicos que serão desenvolvidos com o ator, que deverá interpretar e produzir vários filmes. Este é o primeiro acordo deste tipo que a Netflix assina com um talento francês, segundo a revista especializada Variety.

Sy disse que está "muito feliz por ter a oportunidade de estender esta relação" com a Netflix e elogiou sua "colaboração com artistas e sua paixão por trazer histórias únicas e diversas aos lares do mundo inteiro".

"Não vemos a hora de trabalhar com Omar e sua equipe, enquanto ele cresce como produtor e traz mais histórias e vozes únicas para a Netflix", disse em um comunicado Gaelle Mareschi, diretora de filmes originais internacionais da plataforma na França.

Em "Lupin", Sy interpreta Assane Diop, um fã que usa o personagem de Lupin, extraído dos romances, em sua busca vingança para o pai, acusado falsamente de roubo.

A combinação do protagonista carismático, cenários parisienses com o pano de fundo das relações raciais tornou a série o primeiro sucesso genuíno feito na França para a Netflix, que está investindo fortemente no país.

Sy saltou para a fama com "Os Intocáveis", antes de aparecer nos sucessos de Hollywood "X-Men: Dias de um Futuro Esquecido" e "Jurassic World". No mês passado, foi o único francês incluído na lista das 100 pessoas mais influentes do planeta pela revista americana Time.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem