Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Cinema e Séries
Descrição de chapéu Cinema

Kevinho e Alok fazem parceria com Doni na segunda temporada de 'Sintonia'

'É muito gratificante ver o funk conquistar mais espaço', comenta o DJ

De esq. para dir., Kevinho, Alok e Jottapê na segunda temporada de 'Sintonia' - Vans Bumbeers/Netflix
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Kevinho, 23, e Alok, 30, vão fazer participações especiais na série brasileira "Sintonia", que volta à Netflix no dia 27 de outubro. O trailer e o pôster oficial da segunda temporada (confira abaixo) foram revelados nesta terça-feira (28).

Na trama, o personagem Doni (Jottapê) estará com a carreira em ascensão e vai fazer uma colaboração musical com o funkeiro e com o DJ. Este último, aliás, também assina a produção de uma música inédita que estará na trilha da nova leva de episódios.

"Eu já acompanhava a série, então fiquei animado com o convite", comemorou. "É muito gratificante ver o funk conquistar mais espaço a cada dia, fazendo dos sonhos de muita gente uma realidade e inspirando novos talentos."

Ainda nos novos episódios, Nando (​Christian Malheiros) tenta conciliar a vida de chefe do tráfico com a de chefe de família. Enquanto isso, Rita (Bruna Mascarenhas) ajuda a reabrir uma igreja evangélica no bairro e deve se envolver com o filho do pastor, vivido por Bruno Gadiol.

Entre os novos rostos também estarão Fanieh, que fará o papel da cantora MC Luzi, e Gabriela Mag, que aparecerá como Tally, um novo interesse amoroso de Doni. A temporada conta ainda com a participação do ator Marat Descartes.

"Sintonia" foi a terceira série mais vista pelos brasileiros na Netflix em 2019. A série tem direção-geral de KondZilla, que também criou a história junto com Felipe Braga e Guilherme Quintella.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem