Cinema e Séries

Débora Falabella retrata quarentena da personagem de 'Depois a Louca Sou Eu'

Longa inspirado em obra de Tati Bernardi teve estreia adiada

Débora Falabella
Débora Falabella em vídeos como a personagem do filme "Depois a Louca Sou Eu" - Reprodução
São Paulo

A atriz Débora Falabella, 41, está aproveitando o tempo que fica em casa para divulgar o seu próximo filme de maneira divertida. Ela está produzindo vídeos que fazem uma reflexão sobre a quarentena inspirada na própria personagem Dani, do filme "Depois a Louca Sou Eu". O longa, que seria lançado em abril, teve sua estreia adiada por causa da crise do coronavírus.

Limpando a casa neuroticamente, ela começa a desabafar: “Eu já fazia quarentena antes de todo mundo viver em quarentena. O meu avô lavava a comida toda com vinagre porque ele dizia que ‘menina cuidada não fica doente’. Agora é só adaptar pra álcool gel. Só de falar disso eu já fico mais ansiosa e começo a limpar a casa toda”, diz a personagem.

"Os vídeos que estamos fazendo para essa campanha são uma maneira de deixar o cinema vivo enquanto não sabemos quanto tempo isso vai durar. Uma forma de continuarmos falando de cinema através da Dani, uma personagem que tem muito a dizer ao público nesse momento em que todos estão mais ansiosos e com medo", explica a atriz.

O vídeo de dois minutos foi gravado pela atriz em casa, com seu celular e provoca uma reflexão sobre o como o confinamento e o medo da pandemia podem afetar pessoas que já sofriam com transtornos de ansiedade.

Esse é o segundo vídeo de uma série que terá outros pequenos relatos sobre a quarentena da personagem. Dani é uma jovem escritora que tenta levar uma vida normal apesar das crises de ansiedade e pânico que a acompanham desde a infância.

O roteiro do longa é de Gustavo Lipstzein, inspirado nos textos da colunista da Folha Tati Bernardi. Gustavo Vaz, Romulo Arantes Neto e Evandro Mesquita estão no elenco do filme. A direção é de Julia Rezende, de "Ponte Aérea" (2015) e Mariza Leão, de "Meu Passado me Condena" (2013).

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem