Cinema e Séries

Cole Sprouse, de 'Riverdale', diz que Jughead vai entrar em um mundo de 'Gossip Girl'

'Riverdale precisa de drama. É preciso prender a atenção das pessoas', diz ator

Cole Sprouse como Jughead asustado

Cole Sprouse como Jughead Jack Rowand/The CW

São Paulo

Cole Sprouse, 27, que interpreta Jughead Jones em "Riverdale", afirma que seu personagem vai entrar em um mundo de "Gossip Girl", mas que isso não mudará sua essência na série. Ele irá para uma escola de elite, se afastando de Betty, Veronica e Archie. A quarta temporada estreou nesta quarta-feira (9). 

 "Minha sensação é a de que o Jughead da quarta temporada é bem parecido com o Jughead da primeira temporada, ou seja, o personagem perceptivo; o escritor que vê tudo de fora, e nem tanto o líder de gangue", diz Sprouse em conversa com a Warner, à qual o F5 teve acesso. 

O ator revelou, inclusive, que chegou a gravar no final da terceira temporada uma cena em que entrega o comando dos Serpents para Toni (Vanessa Morgan), mas que o momento não chegou a ser exibido nos episódios.

A mudança de Jughead pode deixar alguns fãs apreensivos sobre o futuro do casal "Bughead" (junção dos nomes de Betty e Jughead). Sprouse acredita, no entanto, que o momento é propício para que eles continuem juntos.

"Se considerarmos o destaque dos dois na série, parece que Jughead e Betty funcionam bem juntos –mas não me surpreenderia se a ausência dele criasse alguma tensão. Riverdale precisa de drama. É preciso prender a atenção das pessoas. Mas Betty e Jughead estão muito firmes no começo da temporada", disse  Sprouse.

"Creio que muitos dos relacionamentos nessa temporada giram em torno de os quatro personagens principais se apegarem uns aos outros antes da inevitável partida para fases diferentes de suas vidas, com inscrições para a universidade e seja lá o que mais eles terminem fazendo, e por isso eles estão muito unidos nesta temporada", completa.

Confira trechos da entrevista com Cole Sprouse sobre 'Riverdale':

Onde começa a história da quarta temporada?
A temporada começa no primeiro dia de aula do último ano do ensino médio na escola Riverdale High, ou seja, o pessoal está começando seu ano final na escola secundária. Os personagens acabam de voltar de férias de verão pacatas e tranquilas.
 
Jughead se transfere para uma nova escola na quarta temporada. Como você a descreveria?
Ela é descrita como uma escola de elite, bem ao estilo "Gossip Girl", com os alunos do Upper East Side [área rica de Nova York] e Jughead. Ele se torna parte de um tipo de "sociedade dos poetas mortos" que existe na escola, e a integração de Jughead ao grupo se baseia em uma história sobre o Gargoyle King, que ele inscreveu em um concurso de literatura. Um professor fica fascinado pela voz literária dele e o convida para estudar na escola de elite com uma bolsa de estudo, e acho que vai ser divertido brincar com isso ao longo do ano. Jughead vai estar entre entre aquelas pessoas incrivelmente pretensiosas, altas e muito bonitas, na escola preparatória.
 
Essa linha de roteiro não o afastará de seus colegas de elenco?
Bem, há três temporadas não trabalho com KJ [que interpreta Archie Andrews], então tudo bem. Não acho que a nova história vá me afastar deles, não tanto. Creio que a maneira pela qual a história foi escrita me permite estar em todas as cenas com eles. A escola de elite só serve para preparar o mistério da temporada. Não presumo que Jughead vá ficar longe de Betty ou Archie.
 
Isso quer dizer que haverá alguns momentos Bughead sólidos na nova temporada?
Acho que sim. Espero que sim. Se considerarmos o destaque da série dos dois no momento, parece que Jughead e Betty funcionam bem juntos –mas não me surpreenderia se a ausência dele criasse alguma tensão. Riverdale precisa de drama. É preciso prender a atenção das pessoas. Mas Betty e Jughead estão muito firmes no começo da temporada. Creio que muitos dos relacionamentos nessa temporada giram em torno de os quatro personagens principais se apegarem uns aos outros antes da inevitável partida para fases diferentes de suas vidas, com inscrições para a universidade e seja lá o que mais eles terminem fazendo, e por isso eles estão muito unidos nesta temporada. Todos querem se manter próximos uns dos outros.
 
A fazenda, a escola e o centro de detenção de jovens tinham todos tons ameaçadores e malévolos. Podemos presumir que a escola de elite é semelhante?
Esse é um bom palpite. Sim. Como todas as escolas de elite são pretensiosas. Ou como tudo mais em Riverdale. Deve existir um laboratório de taxidermia ou coisa assim, por lá.
 
Jughead desenvolve amizades com pessoas da nova escola?
Existe um personagem com quem ele pode se dar bem, mas a maneira pela qual eles escreveram os outros colegas é realmente pretensiosa.

Jughead deixou de ser líder dos Serpents, na quarta temporada?
No final da temporada passada, filmamos uma cena que não entrou na edição final, na qual Jughead entregava o comando dos Serpents a Toni Topaz [interpretada por Vanessa Morgan] –mas pelo que sei os roteiristas querem buscar uma narrativa mais longa para essa história. Creio que eles queiram brincar com a ideia um pouco mais. Minha sensação é a de que o Jughead da quarta temporada é bem parecido com o Jughead da primeira temporada, ou seja, o personagem perceptivo; o escritor que vê tudo de fora, e nem tanto o líder de gangue.
 
Charles Smith [interpretado por Wyatt Nash] é meio-irmão de Betty, o que foi revelado na temporada três. Jughead interagirá mais com ele na temporada quatro?
A linha narrativa de Betty é mais integrada com a de Charles do que a de Jughead, pelo menos pelo que li. Ouvi muitas perguntas sobre se a chegada de Charles vai causar tensão no relacionamento entre Betty e Jughead –mas por enquanto não parece que isso vá acontecer. Jughead só está em Riverdale nos finais de semana, agora, e por isso sua história corre principalmente na nova escola, que vai servir de base para um "flash forward" que teremos na temporada quatro. O foco do mistério da temporada quatro é essa escola de elite, muito estranha e elitista.
 
No "flash forward", o seu famoso chapéu é queimado. Você vai sentir muita falta dele?
Usar o chapéu é divertido. Basta colocá-lo e você é automaticamente Jughead. Mas algo de grave deve ter acontecido, ou ele não faria isso. Ou talvez ele esteja cansado de ter piolhos?
 
Nos episódios musicais, Jughead não canta muito. Quando você lê os roteiros musicais, fica decepcionado por não cantar ou contente com isso?
Não me preocupo com cantar ou não. Meu único critério é que faça sentido que o personagem cante. No primeiro episódio musical, eles estavam todos no palco dançando e eu pensei que "isso não é algo que Jughead faria". Mas da forma que organizamos o último episódio musical, Jughead estava passando por uma experiência dolorosa que por acaso foi expressa em uma canção. Não me importa. Se faz sentido para o personagem, gosto de fazer esse tipo de cena.
 
Esta temporada se concentra no último ano do ensino médio para os personagens. Você passou por isso na vida real?
Com certeza. Eu já trabalhava como ator quando criança, mas muitos dos meus amigos estudaram em escolas públicas, e eu participava desse tipo de situação. Nesse sentido, não perdi grande coisa. Já em Riverdale, creio que este ano de histórias sobre escolas será ótimo. Não sei se os telespectadores nos verão fazendo muita lição de casa, mas acho que certamente voltaremos à situação da temporada um, com uma experiência de ficar de castigo na escola. Vai ser divertido. 

Tradução de Paulo Migliacci

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem