Cinema e Séries

'Black Mirror' terá participação de Miley Cyrus em nova temporada que estreia em junho

A quinta temporada será exibida a partir do dia 5 de junho

Miley Cyrus em cena da nova temporada de Black Mirror
Miley Cyrus em cena da nova temporada de Black Mirror - Divulgação

São Paulo

“Não tenho nem mais coragem pra chamar essa série de distopia. De qualquer forma, #BlackMirror volta dia 5 de junho”, escreveu a Netflix Brasil ao anunciar a data de estreia da quinta temporada da série. 

O comentário não foi feito à toa, já que as últimas temporadas da série deram vida à famosa frase "Isso é muito Black Mirror", que ficou recorrente entre internautas ao falar sobre notícias da vida real.

Os criadores da série já haviam comentado sobre o fato de a produção estar próxima da realidade durante palestra no evento Rio2C, no Rio de Janeiro. “Basta dar uma olhada pela janela”, disse Charlie Brooker, o britânico que criou a série para o Channel 4, em 2011, no Reino Unido, e que foi disponibilizada depois para a Netflix. 

Na mesma fala, no entanto, ele criticou o fato de a tecnologia ser tratada como vilã pelo público. “Acho que muitas de nossas histórias são sobre as fraquezas humanas, a tecnologia não é a vilã da história. A vilã são nossas relações ou como sobrevalorizamos a tecnologia por meio delas”, completou Jones. 

O teaser divulgado pela plataforma tem participações da cantora  Miley Cyrus e dos atores Andrew Scott (da série "Sherlock") e Anthony Mackie (o Falcon, de "Vingadores"). A cantora Miley Cirus já tinha avisado que faria parte da quinta temporada, quando anunciou que teria novas parcerias musicais. As novidades serão anunciadas no dia 30 de junho. 

A série já rendeu quatro temporadas e um filme interativo na Netflix, o "Bandersnatch". A trama se passa em 1984, quando os videogames ainda estavam nascendo. É para essa indústria incipiente que Stefan (Fionn Whitehead, de “Dunkirk”) quer entrar. O personagem é nerd solitário que vive com o pai viúvo e passa os dias adaptando o livro “Bandersnatch”, um labirinto de narrativas escrito por um autor desequilibrado, para uma versão em game. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem