Cinema e Séries

Netflix fará minissérie sobre meninos tailandeses resgatados em caverna

Produção retoma operação de 17 dias que comoveu mundo

Ekapol Chantawong, técnico de futebol preso em caverna com 12 meninos no norte da Tailândia em 2018, ao lado de empresários da Netflix em Bancoc
Ekapol Chantawong, técnico de futebol preso em caverna com 12 meninos no norte da Tailândia em 2018, ao lado de empresários da Netflix em Bancoc - Reuters/Soe Zeya Tun
Juarawee Kittisilpa Chayut Setboonsa
Bancoc

A Netflix anunciou nesta terça-feira (30) que comprou os direitos para fazer uma minissérie sobre o resgate de 12 meninos e seu treinador de futebol de uma caverna do norte da Tailândia no ano passado que capturou a atenção global.

“A história combina muitos temas locais e universais únicos que conectaram pessoas de todas as ocupações, de todo o mundo”, disse Erika North, diretora de originais internacionais da Netflix.

“A Tailândia é um mercado muito importante para a Netflix, e estamos animados para dar vida a esta história local inspiradora, mas com alcance global”, acrescentou.

O time de futebol Wild Boars, cujos jogadores tinham entre 11 e 16 anos à época, e seu técnico de 25 anos ficaram presos em 23 de junho, quando exploravam um complexo de cavernas na província de Chiang Rai, no norte tailandês, e um temporal da estação de chuvas inundou os túneis.

Uma operação de 17 dias para resgatá-los hipnotizou o mundo, e especialistas de vários países ofereceram ajuda.

“Esperamos poder trabalhar com todas as partes envolvidas para que nossa história seja contada precisamente”, disse o treinador assistente Ekkapol “Ake” Chantapong.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias