Cinema e Séries

Fox é sentenciada a pagar R$ 670 milhões à série 'Bones' por esconder os lucros

Emily Deschanel, David Boreanaz e equipe processaram empresa

David Boreanaz e Emily Deschanel protagonizam a última temporada da série "Bones"
David Boreanaz e Emily Deschanel protagonizam a última temporada da série "Bones"
São Paulo

Um dos títulos mais bem-sucedidos da Fox, a série "Bones" teve seu reconhecimento escondido dos pela própria emissora.

David Boreanaz e Emily Deschanel, os protagonistas, junto a outros profissionais da série, abriram um processo contra a Fox em 2015, alegando que a produtora mentiu sobre os rendimentos da série a fim de não pagar suas participações nos lucros.

Segundo o árbitro Peter Lichtman, que mediou a disputa, o estúdio “mentiu, enganou e cometeu fraude às custas das estrelas do programa”. Por isso, a Fox foi sentenciada a pagar US$ 179 milhões (cerca de R$ 670 milhões) aos prejudicados.

Desse valor, US$ 50 milhões são para os prejuízos reais e US$ 129 milhões são de indenização; mas a empresa ainda pretende contestar e levar o caso a tribunal, segundo a mídia internacional.

A 20th Century Fox chegou a dizer em um comunicado oficial que o árbitro está “categoricamente errado” e que “excede seus poderes”.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias