Cinema e Séries

Noah Schnapp, o Will de 'Stranger Things', diz ter recebido dicas de Winona Ryder por mensagem

A atriz interpreta Joyce Byers, mãe de Will no seriado

Noah Schnapp, Sadie Sink e Caleb Mclaughlin, atores da série "Stranger Things", na CCXP 2018
Noah Schnapp, Sadie Sink e Caleb Mclaughlin, atores da série "Stranger Things", na CCXP 2018 - Marcelo Fonseca-9.dez.2018/Folhapress
Beatriz Fialho Beatriz Vilanova
São Paulo

"Vocês são bem mais quietos", disse Sadie Sink ao entrar para participar da entrevista da Netflix sobre "Stranger Things", que aconteceu nesta segunda-feira (10) em São Paulo. A atriz, que interpreta Max na série adolescente, comparou os jornalistas a multidão agitada da Comic Con, que recebeu o elenco aos gritos neste domingo (9).

Com ela estavam Noah Schnapp e Caleb McLaughlin, que vivem Will e Lucas, respectivamente. Eles relembraram como foi o processo de gravação da primeira temporada, lançada em 2016, e a evolução dos personagens --que aparecerão pré-adolescentes na terceira.

Noah Schnapp, cujo personagem aparece pouco na primeira temporada, disse ter recebido algumas dicas de atuação da sua mãe na ficção, interpretada por Winona Ryder. "Mandei mensagem para ela, falando que estava inseguro. Ela me ensinou alguns truques de atuação, de quando ela era mais nova. Isso me ajudou muito", disse ele. 

"Sou o tipo de pessoa que chora quando vê uma pessoa chorar e ela atua com tanta veracidade que me fazia querer chorar também. Sou muito grato a ela", completa Schnap.

Nas primeiras gravações, o ator disse que tinha certeza de que seu personagem não duraria muito tempo. "Quando entrei no set me disseram que eu iria morrer na primeira temporada", disse ele. Os colegas de elenco brincaram dizendo que o destino de Will teria mudado por conta do ator. "É que eles gostaram de você", acrescentou Caleb.

Sadie Sink, cuja personagem aparece apenas na segunda temporada, disse ter se sentido um pouco deslocada nas primeiras gravações, o que mudou na dinâmica dos novos episódios. "Na segunda estava realmente conhecendo gente nova. Já na terceira, gravamos durante o verão, o que foi ótimo porque estávamos de férias e podíamos andar por aí como um monte de crianças", disse ela.

Hoje, a atriz afirma que está mais familiarizada com o elenco e com o roteiro, além de se sentir mais confortável em dar palpites sobre as cenas.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias