Carnaval

Acadêmicos do Baixo Augusta terá tema sobre resistência e fará homenagem a Elza Soares

Cantora, que completará 90 anos em junho, ganhará painel de 35 metros

A cantora Elza Soares durante ensaio de fotos - Francio de Holanda
São Paulo

A cantora Elza Soares, 89, será a grande atração do desfile do Acadêmicos do Baixo Augusta no próximo domingo (16), entre a rua da Consolação e a av. Paulista. A artista será homenageada como um símbolo da música popular brasileira e também da resistência do samba.

O desfile de domingo terá concentração a partir das 14h nessa região central de São Paulo. A saída acontece às 16h.

“A Elza Soares é uma das maiores representantes da resistência do nosso país. Ter a presença dela nesse desfile vai ser, certamente, um dos momentos mais emocionantes do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta ao longo desses 11 anos de existência”, explica Alê Natacci, presidente do bloco.

Para esse ano, o bloco apresentará uma espécie de painel de 35 metros com a imagem da cantora, feito por Frâncio de Holanda, fotógrafo e também diretor do Bloco. Ele fotografou a cantora em sua casa no Rio de Janeiro. 

O bloco de Carnaval reuniu 1 milhão de pessoas em 2019 e tem à frente da bateria o cantor Simoninha e a atriz Alessandra Negrini como rainha. Devem participar nomes como Fafá de Belém, Mariana Aydar, André Frateschi e Preta Ferreira.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem