Carnaval

Ellen Rocche deixa posto de rainha de bateria da Rosas de Ouro após 12 anos

Agremiação diz que decisão foi de comum acordo entre ambas as partes

A atriz Ellen Rocche não desfilará mais como rainha de bateria da Rosas de Ouro

A atriz Ellen Rocche não desfilará mais como rainha de bateria da Rosas de Ouro Caio Mello/Divulgação

São Paulo

Quase 20 anos desfilando pela escola de samba Sociedade Rosas de Ouro, sendo 12 deles como rainha de bateria, Ellen Rocche, 40, decidiu deixar o posto para o Carnaval 2020. A musa da escola será substituída pela jornalista Ana Beatriz Godoi, 35.

A agremiação da Freguesia do Ó afirmou ao F5 que a decisão foi tomada em comum acordo com a atriz. A saída dela do posto de rainha, segundo a escola, não significa que ela está fora da Rosas de Ouro. A participação da atriz, ainda segundo a assessoria da escola, vai depender da agenda de trabalho dela.

Procurada, a assessoria de Ellen Rocche informou que a atriz está gravando a novela "Éramos Seis" (Globo) na manhã desta quarta-feira (16), e que ainda não tinha uma posição oficial. Rocche interpreta Marion, amante de Júlio (Antonio Calloni), marido de Lola (Gloria Pires), na trama de Ângela Chaves.

O amor de Ellen Rocche pela Rosas de Ouro começou quando ela ainda era uma menina. “Adorava Carnaval desde pequena. E a minha torcida, e da minha família também, sempre foi pela Rosas. Ficava acordada de madrugada só para ver a Roseira entrar na passarela", disse a atriz em entrevista ao F5, em março deste ano.

A atriz, que nessa época morava com os pais na Aclimação (região central de SP), conta que finalmente conheceu o barracão da escola quando ela tinha entre 19 e 20 anos, após um trabalho voluntário para crianças órfãs que ela e uns amigos foram realizar na Brasilândia, bairro da zona norte onde nasceu a Rosas de Ouro.

“O pai da [presidente] Angelina, o Eduardo Basílio, me viu e quando falei que gostava da escola, ele me convidou para conhecer o barracão. Quando cheguei lá, relembrei toda minha infância, quando via tudo aquilo que amava apenas na televisão. vi as costureiras, carros alegóricos, os isopores, e outros adereços. Fiquei encantada. O amor é muito grande”, disse Ellen.

Foi então que ela recebeu o convite para desfilar pela primeira vez e nunca mais parou.

NOVA RAINHA

A nova rainha da Rosas de Ouro será coroada no próximo sábado (19), às 15h, na quadra da escola na Freguesia do Ó, na zona norte de São Paulo. Ana Beatriz Godoi começou sua trajetória na folia na própria agremiação e, agora, retorna depois de 16 anos à frente dos ritmistas. 

“O coração bateu mais forte quando surgiu essa oportunidade, iniciar um novo ciclo no Carnaval me deixa ainda mais radiante e animada. No começo do ano pensei em deixar tudo para realizar meu sonho de ser mãe, mas retornar à Rosas é muito especial”, diz Ana Beatriz Godoi.

“Era um sonho antigo de desfilar à frente da bateria. E voltar à escola onde me criei no samba é ainda mais incrível. Já estou ansiosa para ter contato com a comunidade e pensar em todos os detalhes. Além disso, contagem regressiva para ver o desenho da minha fantasia (risos). Será o Carnaval mais especial da minha vida”, completa.

Essa é a primeira vez que a jornalista é coroada rainha de bateria no Carnaval de São Paulo. Desde 2003, Ana Beatriz Godoi desfila no Sambódromo do Anhembi. No ano passado, ela saiu como madrinha da Unidos de Vila Maria.​

 
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas