Carnaval

Marcelo Adnet faz samba-enredo para Carnaval com letra sobre 'fake news'

Música com tom político foi feita com parceiros para a escola São Clemente

Marcelo Adnet
Marcelo Adnet - Marcus Leoni/Folhapress
São Paulo

​"O sino toca na capela e anuncia/Nossa senhora começou a confusão!/Quem vai ficar com a imagem de Maria?/O burro vai tomar a decisão", assim começa a letra do samba-enredo composto pelo humorista Marcelo Adnet, 37, para a escola carioca São Clemente, grupo especial do Rio.

A música que concorre para ser o tema da escola em 2020 foi composta também por André Carvalho, Pedro Machado, Gustavo Albuquerque, Gabriel Machado, Camilo Jorge, Luiz Carlos França e Raphael Candela.

Adnet é bom em fazer paródias e mostra seu talento desde que entrou na MTV, em 2008. No extinto humorístico Tá no Ar, ele ganhou ainda mais espaço para versões com teor político. 

Agora, o humorista leva a sua habilidade para o Carnaval. A letra do samba brinca com as notícias que tivemos ao longo deste ano, como a suspeita de candidaturas de laranjas do PSL abastecidas com verbas públicas e o vazamento das conversas entre o ex-juiz Sergio Moro com o procurador da República Deltan Dallagnol sobre o andamento da operação Lava Jato.

Veja trechos

"Tem laranja!
Na minha mão, uma é três e três é dez!
É o bilhete premiado vendido na rua
Malandro passando terreno na lua!"

“Só trabalho com dinheiro”
Chamou o VAR, tá grampeado, 
Vazou, deu sururu,
Tem marajá puxando férias em Bangu!"

"Brasil, compartilhou, viralizou, nem viu!
E o país inteiro assim sambou
“Caiu na fake news!”

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias