Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Namorada de Rafael Miguel desabafa: 'Mistura de sentimentos'

Pai de Isabela Tibcherani é suspeito de matar o namorado e os pais

Rafael Miguel com a namorada Isabela Tibcherani  e família em seu aniversario
Rafael Miguel com a namorada Isabela Tibcherani e família em seu aniversario - Instagram/@rafaelmiguel
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A namorada do ator Rafael Miguel, Isabela Tibcherani, usou as redes sociais nesta segunda (16) para agradecer as mensagens de apoio após a prisão do pai, o comerciante Paulo Cupertino Matias, suspeito de assassinar seu namorado e os pais dele, em 2019.

"Fui informada do ocorrido. Não consigo falar muito a respeito agora, mas quero agradecer todas as mensagens de apoio. É uma mistura muito grande de sentimentos e agora preciso de espaço", escreveu no stories do Instagram.

Cupertino estava escondido em hotel na mesma região onde cometeu o crime, no bairro da Pedreira, zona sul de São Paulo, e foi localizado pelos investigadores da Polícia Civil após uma denúncia anônima. Após a prisão, ele foi levado ao DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), na região central da cidade.

A família foi morta a tiros em junho de 2019 enquanto chegava à casa de Isabela, no bairro Pedreira, na zona sul da capital paulista. Cupertino fugiu após o crime e ficou foragido por mais de três anos.

O crime teria sido motivado por ciúmes —uma prima de Rafael afirmou no enterro que o homem é "possessivo ao extremo" com a filha.

Em entrevista na época ao jornalista Reinaldo Gottino, da Record, a jovem afirmou que o pai era muito possessivo: "Meu pai tem um ciúme possessivo, doentio. Ele é misógino, agressor, odeia mulheres e acha que mulher só serve para lavar, passar e cozinhar."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem