Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades
Descrição de chapéu Séries

Irmã acusa Meghan Markle por saúde do pai e diz que ela não seria bem-vinda a funeral

Thomas Markle sofreu um derrame nesta semana e está em recuperação

Montagem com homem branco à esquerda e mulher branca com cabelos castanhos à direita
Thomas Markle, pai de Meghan, e a duquesa de Sussex - Montagem/reuters
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Samantha Markle, meia-irmã de Meghan Markle, 40, acusou a duquesa de Sussex pelo derrame sofrido pelo pai das duas no início da semana. Segundo ela, o estresse causado por Meghan levou Thomas Markle, 77, ao hospital, onde permanece em recuperação.

Em entrevista ao TMZ, Samantha disse acreditar que o estresse causado por sua irmã é o que tem debilitado a saúde do pai. Ela ainda afirmou que espera que Meghan mude sua postura, mas ressaltou que ela não seria bem-vinda no funeral, caso o pai morra.

"Melhor ficar longe do funeral e não usar o momento como uma oportunidade para ser fotografada", disparou ela usando um palavrão. Samantha ainda disse que se Meghan ainda não se arrependeu de se manter longe do pai, provavelmente nunca se arrependerá.

Thomas foi levado ao hospital na noite de segunda-feira (23) com suspeita de um AVC (acidente vascular cerebral). Samantha disse ao TMZ que o pai teve um derrame e que está com problema de mobilidade no lado esquerdo e não consegue mover os músculos do rosto, fazendo fisioterapia para falar.

Esse é o mais recente problema de saúde de Thomas, que disse ter sofrido dois ataques cardíacos logo antes do casamento de Meghan, em 2018, com príncipe Harry. Samantha também aponta o estresse causado por Meghan por esses ataques cardíacos.

Em março deste ano, Thomas afirmou que iria depor contra Meghan na Justiça americana. Ele contou em entrevista ao canal Remarkable Friendship, do YouTube, que iria ficar do lado da filha mais velha no processo que ela move contra os duques de Sussex.

Samantha entrou com uma ação por considerar que a irmã famosa fez "declarações falsas e maliciosas" sobre a própria família em entrevista a Oprah Winfrey, 68. Na época, as falas dela que mais ganharam repercussão diziam respeito à família do marido.

"Eu ficaria mais do que feliz [em testemunhar contra Meghan]. Estou tentando há quase quatro anos ver minha filha e seu marido ruivo em um tribunal cara a cara…", afirmou ele, que sempre teve uma relação estremecida com Meghan, piorada após ele vazar trechos de uma carta que havia recebido dela.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem