Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Ashley Judd diz que a mãe Naomi Judd cometeu suicídio: 'Ela usou uma arma'

Cantora morreu um dia antes de entrar no Country Music Hall of Fame

Cantora country Naomi Judd
Cantora country Naomi Judd - Alberto E. Rodriguez/AFP
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A atriz Ashley Judd, 54, revelou que sua mãe, a lenda da música country Naomi Judd, 76, usou uma arma para se suicidar, em 30 de abril. A afirmação foi feita nesta quinta-feira (12) em entrevista a Diane Sawyer, do Good Morning América.

"Como não queremos que isso faça parte da economia de fofocas, vou compartilhar com vocês que ela usou uma arma, minha mãe usou uma arma de fogo", disse Ashley, acrescentando que está em uma posição de que, se não disser, outra pessoa o fará."

A atriz afirmou que a mãe foi vista e ouvida em sua angústia, e levada para casa". "Quando estamos falando de doença mental, é muito importante ser claro e fazer a distinção entre nosso ente querido e a doença. É muito real, é mentira, é selvagem."

As Judds, dupla formada por Naomi e a filha Wynonna Judd, 57, estavam prontas para celebrar sua entrada no Country Music Hall of Fame de Nashville no dia seguinte. Ashley e Wynonna compareceram à cerimônia para aceitar a honra e fizeram um discurso choroso.

Ashley disse no discurso na época que a mãe não aguentou até ser introduzida no Hall da Fama por seus colegas porque não soube lidar com o que estava acontecendo dentro dela. "A barreira entre a consideração com que a tratavam não conseguia penetrar em seu coração, e a mentira que a doença lhe contava era tão convincente."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem