Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Whindersson Nunes tem sintomas de intoxicação alimentar e adia compromissos

Comediante teria noite de autógrafos no Piauí nesta segunda (13)

Whindersson Nunes
Whindersson Nunes - @whinderssonnunes no Instagram
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O comediante Whindersson Nunes, 26, precisou adiar compromissos de sua agenda por causa de sintomas de uma intoxicação alimentar. O humorista colocou um comunicado em suas redes sociais para explicar que não poderia comparecer a uma noite de autógrafos de seu mais novo livro em Teresina, no Piauí.

"Desde ontem (12), o artista apresenta sinais de intoxicação alimentar e está sob cuidados médicos. Uma nova data será anunciada em breve", diz o aviso. Ao compartilhar a nota pelo Twitter, Nunes brincou: "Doendo o estomaguinho".

Em novembro, ele lançou "Vivendo Como Um Guerreiro", obra que já era a mais vendida na categoria de biografias de artistas e chegou a figurar como o segundo na classificação geral da Amazon, mesmo estando na pré-venda.

Já neste final de semana, Nunes apresentava problemas na garganta. Ele teve certas dificuldades durante um show que fez em Goiânia. "Desculpa a voz, hoje realmente não estava boa, mas eu dei meu melhor", publicou ele em registro em vídeo do evento.

Na última semana, Whindersson já havia feito um grande desabafo em suas redes sociais no qual revelou que pensa em se aposentar em breve. Segundo ele, a quantidade grande de compromissos o fez negar todo o tipo de curtição e momentos de alegria.

"Ontem [na Farofa da GKay] todo mundo que me encontrava dizia: ‘você em festa? Que isso’, e a cada pessoa que dizia isso eu pensava: ‘eu realmente mereço curtir’. São quase dez anos dizendo não a toda festa, todo aniversário, todo batizado, nos últimos dois anos até TV eu parei", começou ele.

"Sair me demanda muita energia física mesmo, ontem eu tirei tanta foto e sempre alguém supondo: ‘você não consegue curtir’. Curto sim, não me incomodo com o que eu pedi pra Deus (...) Só queria que a minha energia fosse tão maior", emendou Nunes.

Na sequencia, deixou claro que pensa em desacelerar. "Talvez eu trabalhe mais uns dois anos e pare, e com certeza eu vou fazer alguma coisa bem foda pra voltar", escreveu.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem