Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Whindersson Nunes, aos 26, diz que pensa em trabalhar mais dois anos antes de parar

Humorista fez desabafo sobre como deixou de curtir por compromissos

O comediante Whindersson Nunes - Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O humorista Whindersson Nunes, 26, fez um grande desabafo em suas redes sociais no qual revelou que pensa em se aposentar em breve. Segundo ele, a quantidade grande de compromissos o fez negar todo o tipo de curtição e momentos de alegria.

"Ontem [na Farofa da GKay] todo mundo que me encontrava dizia: ‘você em festa? Que isso’, e a cada pessoa que dizia isso eu pensava: ‘eu realmente mereço curtir’. São quase dez anos dizendo não a toda festa, todo aniversário, todo batizado, nos últimos dois anos até TV eu parei", começou ele.

"Sair me demanda muita energia física mesmo, ontem eu tirei tanta foto e sempre alguém supondo: ‘você não consegue curtir’. Curto sim, não me incomodo com o que eu pedi pra Deus (...) Só queria que a minha energia fosse tão maior", emendou Nunes.

Na sequencia, deixou claro que pensa em desacelerar. "Talvez eu trabalhe mais uns dois anos e pare, e com certeza eu vou fazer alguma coisa bem foda pra voltar", escreveu.

O humorista já disse publicamente que viveu uma luta contra a depressão. Em novembro de 2020, ao responder perguntas em seu Instagram, ele comentou sobre a doença. Um internauta comentou que tomava remédios há dois anos para se sentir melhor e perguntou se Nunes estava curado.

"Depressão é uma doença. Não tomar remédio para uma doença é como andar com uma ferida aberta por aí, é fácil se contaminar, se afetar. E você toma coisas todos os dias e não sabe. Por que não tomar uma paradinha que vai ajudar você a se curar? ", começou.

"Está tudo certo, irmão, tomar remédio não significa estar mal, significa que você se importa com você", continuou. "Eu amei conquistar, ganhar, vencer, crescer, nada disso foi difícil pra mim, eu amei. Mas hoje a minha cabeça está perturbada demais, acho que essa é a parte mais difícil", concluiu.

A quantidade grande de trabalho o fez conhecer o mundo. Ele revelou que já viajou por um grande número de países. Ele contou a informação em uma conversa com seus fãs, onde eles poderiam mandar perguntas através do Instagram.

"Quantos lugares viajou?", questionou um fã. "Mais de 40 países", respondeu Whindersson, escrevendo como legenda de um vídeo no qual ele mergulha no mar, pulando de um barco. Recentemente, o humorista divulgou o vídeo de uma segunda música que fez em homenagem ao filho que perdeu, João Miguel.

Em novembro, Nunes também lançou um livro, "Vivendo Como Um Guerreiro", que já era o mais vendido na categoria de biografias de artistas e chegou a figurar como o segundo na classificação geral da Amazon, mesmo estando na pré-venda.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem