Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Sertanejo Yago, da dupla com Santhiago, é enterrado em Curitiba

Cantor morreu aos 29 anos após sofrer um pneumotórax

Homem branco vestindo camisa xadrez cinza e usando óculos segurando microfone
Cantor sertanejo Yago, da dupla com Santhiago - Instagram/yagocantor
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O corpo do cantor sertanejo Yago, da dupla com Santhiago, foi enterrado nesta quinta-feira (30) no Cemitério Paroquial de Orleans, em Curitiba, no Paraná. O artista faleceu aos 29 anos, na última quarta-feira (29), após enfrentar um linfoma que causou um pneumotórax.

O artista estava internado no Hospital Erasto Gaertner, localizado em Curitiba. A pneumotórax é uma condição que ocorre quando o ar, que deveria estar nos pulmões, vaza para o tórax. Falta de ar é um sintoma para o colapso pulmonar.

"A voz forte e marcante do nosso amado Yago agora está sendo aplaudida no céu. Hoje infelizmente ele descansou depois de uma árdua luta contra um linfoma que causou um pneumotórax", escreveu a equipe em publicação feita no perfil oficial da dupla no Instagram.

Em seu perfil, o cantor Santhiago, que também era irmão de Yago, lamentou sua morte. "Nossa história foi linda, minha única bronca foi você ter ido cedo demais, você sempre segurando minha falta de juízo, e agora? O que eu faço sem você?", começou.

"Minha vida simplesmente está sem rumo, não sei como vou continuar e se vou continuar, você foi a única pessoa que acreditou em mim, e conseguiu o melhor de mim", continuou o sertanejo. "A ficha ainda para mim não caiu... Deus te proteja… Cuida de mim, e se você ver que eu estou errando, puxa minha orelha, eu vou tentar, só não te prometo conseguir. Te amo eternamente meu nino", finalizou.

A dupla de irmão possuía 15 anos de carreira. Em seu canal no YouTube, os dois costumavam postar covers e fazer imitações de grandes nomes da música brasileira como Cesar Menotti, Paula Fernandes, Luan Santana, Zezé Di Camargo e Leonardo. Eles gravaram seu primeiro disco em 2016, intitulado "Porre da Dor".

A morte de Yago marca outra perda para o sertanejo nesta semana. Também na quarta-feira (29), o cantor Maurílio, da dupla com Luíza, faleceu aos 28 anos após passar 14 dias internado por ter sofrido três paradas cardíacas em decorrência de uma tromboembolia pulmonar.

Além dos dois artistas, Marília Mendonça, a Rainha da Sofrência, já tinha dado um baque no meio musical ao morrer em 5 de novembro, em um desastre aéreo, em Minas Gerais. Outras quatro pessoas morreram no acidente: um tio da cantora, seu produtor, piloto e o co-piloto da aeronave.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem