Celebridades
Descrição de chapéu família real britânica

Príncipes Charles e Harry estão conversando novamente

Pai e filho se encontraram pela última vez no funeral do príncipe Philip

Príncipe Harry
Príncipe Harry - Paul Edwards/Reuters
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O príncipe Charles, 73, não vê seu filho mais novo, o príncipe Harry, 37, há quase oito meses, mas várias fontes disseram ao Page Six que eles estão conversando novamente. Ainda assim, uma delas admitiu que não acredita que sejam tudo rosas.

Os dois se viram pessoalmente pela última vez no funeral do príncipe Philip, em abril deste ano, e Charles –que passou vários dias esta semana em Barbados enquanto a cidade se torna uma república–​ ainda não conheceu sua neta Lilibet, nascida em julho.

Uma fonte da realeza, disse que Charles ficou profundamente magoado quando Harry e Meghan Markle, 40, simplesmente despejaram sobre a família que estavam desistindo de seus papéis e se mudando para o exterior. Ela disse que não acha que Harry e Charles conversaram por um bom tempo, mas agora os canais de comunicação estão abertos.

A fonte disse que não é como se eles estivessem sentados para uma conversa franca ao telefone uma vez por semana. Representantes de Charles e de Harry e Meghan não responderam aos pedidos de comentários.

Na semana passada, Page Six relatou que o novo livro "Brothers and Wives," de Christoper Andersen, relata que Charles inadvertidamente desencadeou uma rixa birracial com Harry e Meghan depois de perguntar a sua esposa, Camilla: "Como serão os filhos deles? "

Um porta-voz de Charles chamou o relato de "ficção". Harry e Meghan não comentaram sobre isso, mas uma fonte altamente posicionada disse ao The Post esta semana que as pessoas, em ambos os lados do Atlântico, na família estão unidas em concordar que não querem dar mais atenção para esse livro.

Harry foi brutalmente honesto sobre seus pensamentos sobre seu pai durante a entrevista bombástica dele e de Meghan com Oprah Winfrey, em março.

Ele alegou que seu irmão, William, e seu pai ficaram presos por causa de seus papéis , e disse que Charles o deixou financeiramente desolado. As contas financeiras divulgadas neste verão mostraram que o herdeiro do trono continuou a apoiar financeiramente Harry e Meghan depois que eles deixaram o cargo de membros sênior da família real –gastando US$ 6,3 milhões (R$ 35,5 milhões) com seus filhos, no ano passado.

Em maio, Harry alegou que Charles esperava que ele "sofresse" como havia sofrido, acrescentando que ele havia passado por um "ciclo" de "dor e sofrimento genéticos". "Só porque você sofreu, não significa que seus filhos tenham que sofrer. Isso não faz sentido", disse Harry .

O Mail on Sunday relatou que pai e filho planejaram um jantar individual quando Harry retornou à Grã-Bretanha, em junho, para a inauguração de uma estátua de sua falecida mãe, a princesa Diana, mas não se acredita que este jantar realmente aconteceu.

Harry e Meghan, duque e duquesa de Sussex, não voltaram ao Reino Unido juntos desde sua saída, em março de 2020.

Conforme relatado pela Page Six, o casal e seus dois filhos, Lilibet e Archie, não se juntarão à família real, incluindo a Rainha Elizabeth, no Natal no Reino Unido.

Outra fonte familiarizada com o funcionamento interno da realeza disse que a família aceita a situação e que eles não estão incomodados. Segundo a fonte, eles estão aceitando as coisas como elas são.

O editor-adjunto da revista Majesty, Joe Little, disse à Page Six que alguns pensaram que poderia haver uma cerimônia em memória do príncipe Philip, no final deste ano, mas isso não aconteceu. "Isso teria dado a Harry e Meghan uma chance de vir. "Claramente, porém, um Natal em família teria sido uma boa maneira de quebrar o gelo."

Mas 2022 será um grande ano para a família, já que a equipe do palácio está finalizando os planos para as celebrações do Jubileu de Platina da rainha de 95 anos em junho, que incluirá um concerto nos jardins do Palácio de Buckingham.

Harry e Markle e seus filhos são esperados de volta para as comemorações. Uma fonte da família disse que o duque ama e admira muito sua avó."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem