Celebridades
Descrição de chapéu Europa

Princesa Charlene de Mônaco diz que 'mal pode esperar' para ver os filhos

Ela está há cinco meses na África do Sul devido problemas de saúde

Princesa Charlene de Mônaco
Princesa Charlene de Mônaco - Reprodução @hshprincesscharlene
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A princesa Charlene de Mônaco, 43, está ansiosa para reencontrar seus filhos gêmeos de 6 anos, príncipe Jacques e princesa Gabriella, que estão com o pai, o Príncipe Albert 2º. Ela está há cinco meses na África do Sul se recuperando após uma cirurgia de orelha, nariz e garganta.

Charlene disse nesta sexta-feira (15) à mídia local que "mal pode esperar" para retornar a Mônaco e ver os filhos de quem “sente terrivelmente falta”. Ela, que passou por uma cirurgia final na semana passada, afirmou que sua saúde continua melhorando. Fontes disseram à People que a cirurgia foi realizada em 8 de outubro e que "correu bem".

“Vim para a África do Sul para supervisionar alguns projetos da fundação”, disse ela. "Eu não estava bem na época. Tive uma infecção que foi tratada imediatamente. Infelizmente, me deixou de castigo por alguns meses aqui na África do Sul."

“Acho que se houver alguma mãe por aí que tenha ficado separada dos filhos por meses, [ela] se sentiria da mesma forma que eu”, disse a princesa.

Na entrevista, a princesa Charlene, nascida no Zimbábue, reafirmou sua intenção de retornar à África do Sul e participar novamente dos esforços contra a caça ilegal de sua fundação.

"Estou determinada a voltar à região de KwaZulu-Natal e continuar o trabalho que me propus a fazer, como fiz em outros países da África e na África do Sul", disse ela. "Nós salvamos vidas, e agora temos uma espécie que está à beira da extinção. Não posso sentar e deixar isso acontecer."

Apesar de Charlene ter recebido visitas em junho e agosto do marido, Príncipe Albert e seus gêmeos, sua ausência de Mônaco desde maio levou a especulações sobre o casamento do casal. Em agosto, o Príncipe Albert disse exclusivamente à People que estava "horrorizado" com os rumores.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem