Celebridades

Irmã de Britney Spears diz que os pais a pressionaram a abortar aos 16 anos

Jamie Lynn conta episódios de sua primeira gravidez em livro

Jamie Lynn Spears, irmã da cantora Britney Spears - Jamie Gilliam - 02.nov.16/ Reuters
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A atriz Jamie Lynn Spears, 30, irmã da cantora Britney Spears, 39, revelou em seu livro de memórias, "Things I Should Have Said" ("Coisas que Eu Deveria Ter Dito", em português) que foi pressionada pelos pais a fazer um aborto quando tinha 16 anos.

Jamie Lynn engravidou de sua primeira filha em 2007, quando era protagonista na série "Zoey 101", da Nickelodeon. Segundo trechos do livro aos quais o site TMZ teve acesso, seus pais, Jaime e Lynne Spears, tentaram convencê-la a não ter o bebê ou a dá-lo para adoção.

"Vieram ao meu quarto tentando me convencer de que ter um bebê naquele momento da minha vida era uma ideia terrível", conta ela. "Isso vai acabar com sua carreira. Você é muito jovem. Você não sabe o que está fazendo. Existem pílulas que você pode tomar. Podemos ajudá-la a cuidar desse problema", teriam dito eles.

Segundo a publicação, Jamie Lynn ainda teria enfrentado uma grande discussão com o pai, com direito a acusações e xingamentos, após ter decidido ficar com o bebê. Depois disso, ela ficou reclusa com sua mãe após vender os direitos das primeiras imagens da filha à revista US Weekly.

A atriz, que fez parte do elenco da série "Doces Magnólias" (Netflix) recentemente, afirma ainda em seu livro que foi proibida de contar a Britney sobre a gravidez. "Eu precisava dela mais do que nunca e ela não foi capaz de me ajudar no meu momento mais vulnerável", diz.

As revelações de Jamie Lynn veem a público dias depois de sua irmã afirmar, nas redes sociais, que teria muito a revelar sobre sua família. Britney os acusa --incluindo a irmã-- há algum tempo de serem coniventes com a tutela que a manteve sob o controle do pai por mais de 13 anos.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem