Celebridades

Akon lamenta morte de Michael K. Williams: 'Era realmente um bom amigo'

Ator foi encontrado morto aos 54 anos nesta segunda-feira

Akon - Instagram/akon
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O cantor americano Akon, 48, lamentou a morte de seu amigo, o ator Michael K. Williams, encontrado morto, aos 54 anos, pelo sobrinho no apartamento onde morava nesta segunda-feira (6). Em entrevista ao TMZ, ele afirmou que muitas vezes celebridades enfrentam problemas que passam despercebidos.

"Ele era realmente um bom amigo, muito diverto e muito talentoso. Quando uma coisa dessas acontece, refletimos sobre as decisões que não afetam somente a nós mesmos, mas as pessoas que nos cercam. Estávamos sem nos ver por causa da pandemia", começou o cantor.

"Estamos em uma época que todos estão usando máscaras e ninguém diz realmente o que está acontecendo em sua vida. Então, nem os seus bons amigos podem te aconselhar porque eles não sabem o que está acontecendo. Temos que checar um com um outro como cada um está", continuou.

Apesar de a causa da morte ainda não ter sido determinada pelas autoridades, uma fonte disse ao New York Post que parecia que o ator teve uma overdose fatal. “Nenhum crime foi indicado. Sem entrada forçada, o apartamento estava em ordem”, disse um policial.

"Nós estamos neste patamar de sucesso, mas por trás de tudo muitas coisas acontecem. Os mais ricos e mais famoso têm ainda mais problemas que os pobres. É o que eu digo, quanto mais dinheiro, mais problemas", refletiu o dono de sucessos como "Smack That" e "Right Now".

"Eu encarei meus problemas porque se você não os encara, eles vão te assombrar. E vão te deixar louco. Eu procurei ajuda quando eu tive problemas [com drogas]. Não tenho vergonha disso. Aconselho quem estiver usando drogas a sair dessa. Há outras maneiras de lidar com seus problemas e desafios", completou.

Foi o sobrinho do ator, conhecido por seu papel na série "The Wire", quem revelou a morte e descobriu o corpo na sala de estar, segundo a People. Uma autópsia ainda não foi feita, porém os resultados dela podem demorar algumas semanas para serem divulgados.

“É com profunda tristeza que a família anuncia o falecimento do ator indicado ao Emmy Michael Kenneth Williams. Eles pedem sua privacidade enquanto sofrem essa perda intransponível”, disse sua representante de longa data, Marianna Shafran, ao The Hollywood Reporter.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem