Celebridades

Marido de Cleo chama Gloria Pires de vovó, e fãs especulam gravidez

Atriz negou estar esperando o primeiro filho em publicação nas redes

Cleo Pires e Leandro D'Lucca
A atriz e cantora Cleo Pires e o marido, Leandro D'Lucca, após assinarem união no civil - @Cleo no Instagram (Stories)
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A atriz Gloria Pires, 58, comemorava pelas redes sociais o fato de ter conquistado um importante prêmio no 49º Festival de Gramado. Porém, esse fato ficou totalmente em segundo plano depois que o marido de Cleo, 38, publicou uma mensagem enigmática na postagem da sogra.

“Parabéns, vovó”, postou o modelo e empresário Leandro D’Lucca, casado com Cleo desde julho. Com isso, muitos fãs começaram a especular uma gravidez da atriz.

“A Cleo está grávida”, perguntou uma seguidora. Uma outra, porém, alertou que Gloria não tem só Cleo como filha e a mensagem poderia ser referente a outro neto. Gloria é mãe também de Antonia, 28, Ana, 21, e Bento, 16.

Procurada, a assessoria de Cleo não respondeu as solicitações até a publicação deste texto. Na tarde desta segunda-feira (23), a atriz usou as redes sociais para negar a informação. "Gente, eu amo a internet", disse. "Eu não estou grávida, tá? O Le chama a minha mommy [mãe] de vovó porque fizemos um filme chamado 'Vovó Ninja' (risos). Ai, eu amo vocês!"

Em entrevista publicada no F5 em março, Cleo contou que desejava muito ser mãe, mas que não deixaria que essa vontade a oprimisse.

“Acho que tudo acontece no tempo certo”. Para a atriz, família é um grupo de pessoas que você escolhe amar acima de tudo. “Acolher, ajudar a crescer, sentir que tem apoio e acolhimento delas também.” A artista foi muito sincera ao falar sobre amor-próprio.

“Acaba sendo uma forma de luta pessoal também. É algo que tem o seu processo e a gente precisa entender tanto os momentos bons quanto os ruins, porque não é algo completamente estável. Acolher as nossas vulnerabilidades é importante”.

Segundo ela, o momento ainda não havia chegado. "É uma responsabilidade enorme criar e educar uma criança, principalmente na sociedade de hoje, então não é algo que eu penso de forma leviana, mas acredito muito que tudo acontece no tempo certo e nesse caso não será diferente", ponderou.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem