Celebridades

Giovani, que faz dupla com Gian, sofre acidente de carro em rodovia de SP

Veículo do sertanejo capotou a caminho de aeroporto; cantor passa bem

O cantor Giovani
O cantor Giovani sofreu acidente de trânsito em São Paulo - Thiago Duran
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O cantor Giovani, 50, que faz dupla com Gian, 54, sofreu um acidente de trânsito na manhã deste sábado (31), em São Paulo. De acordo com comunicado disponibilizado na página dos sertanejos, uma carreta em alta velocidade fechou o carro do artista na rodovia Presidente Dutra, em Arujá (SP).

Ainda segundo a nota, Giovani estava acompanhado da mulher, Ana Carolina Morais, com quem seguia para o aeroporto de Guarulhos (SP). "Frisamos que Giovani conduzia em baixa velocidade, com cinto de segurança, prezando por sua vida e de sua esposa, e para não colidir com outro veículo". diz trecho do informativo.

"Entrou uma carreta na frente dele, que, ao desviar, bateu na mureta de proteção e capotou por 200 metros. O Giovani já está bem e em casa, graças a Deus, só o carro que foi danificado", disse ao F5 o empresário da dupla sertaneja, Marcinho Costa.

'USEM CINTO DE SEGURANÇA'

Giovani e Ana Carolina postaram um vídeo onde falam sobre o acidente ocorrido nesta manhã. “Quero dar um conselho para todo mundo: primeiro, sempre, cuidado ao volante, como eu sempre tive. Mas, fora isso, gente, use o cinto de segurança, porque o cinto de segurança fez total diferença no que aconteceu hoje com a gente. Realmente, protegeu as nossas vidas, não é, amor?”, disse o sertanejo.

O casal lembrou como foram os primeiros instantes após o acidente na sequência do vídeo. “A gente estava em uma velocidade baixa, uns 80 km/h, talvez, e esse carro capotou. O primeiro socorro foi de uma família, que eu lembro que o nome dela era Clésia. E chegou um homem também que falou ‘eu sou o Rocha, eu sou policial, mas eu não estou trabalhando. Eu já socorri muito acidente aqui”, disse Ana Carolina.

A mulher do sertanejo continua. “Tiraram ele [Giovani] do carro, e eu não conseguia sair do carro. Eu não lembro como eu saí do carro, não lembro como o Giovani saiu. Eu lembro que nós não saímos pela porta porque ela não abria, o carro estava com a porta para cima. Foi um pesadelo que a gente viveu”, diz.

“Eu não entendi muito bem o que aconteceu. Eu dirijo, realmente muito bem, tenho muita experiência de estrada, mas, realmente aconteceu o acidente”, disse Giovani.

Na postagem, Giovani e Ana Carolina ainda agradeceram à família que prestou o primeiro apoio após o capotamento e os tirou do carro, aos socorristas da pista e aos médicos. “Obrigado a Deus por proteger nossa integridade física, espiritual e psicológica! Foi um susto muito grande, fica aqui meu alerta usem cinto de segurança ele salva vidas! Muita gratidão a Deus, gratidão aos médicos que me atenderam, gratidão aos socorristas da pista! É um milagre estarmos aqui hoje vivos cheios de gratidão para contar e alertar usem cinto de segurança! Obrigada a família que nos acolheu e nos tirou do carro! Não tem palavras! Deus abençoe a todos vocês! E obrigado meu Deus pelo livramento”, escreveram.

NOVO TRABALHO

Em março a dupla falou ao F5 sobre o novo trabalho, o DVD "Gian e Giovani cantam João MIneiro e Marciano", que conta com 30 músicas. O DVD é o primeiro da dupla desde que retomou a parceria, em 2018, após quatro anos separada devido a um AVC (acidente vascular cerebral) sofrido por Gian --ao todo os irmãos já têm outros 20 álbuns e DVDs juntos, lançados desde a década de 1980.

Esse novo trabalho foi dividido também em cinco EPs, com a divulgação de uma canção por semana nas plataformas digitais até julho. O EP1 estreou dia 5 de março, com as músicas “Amor Clandestino” (1990), “Cama Dividida” (1991), “No Mesmo Lugar” (1986) e "Viola Chorando" (1990).

“O trabalho está em uma crescente porque todo mundo gostou da ideia de fazer uma homenagem a dois artistas tão importante, e as músicas estão no inconsciente coletivo das pessoas. A maioria está curiosa para saber como ficou”, afirmou Giovani à época.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem