Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Cantor Tiago comenta cirurgia de aumento peniano: 'Superbem resolvido'

Dupla de Hugo, ele disse que realizou a cirurgia apenas por estética

O sertanejo Tiago, que faz dupla com Hugo - Instagram/@tiago.hugoetiago
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Tiago, dupla sertaneja Hugo e Tiago, falou no Vem Pra Cá (SBT) sobre a cirurgia de aumento peniano à qual se submeteu na última terça-feira (6). O cantor afirmou que está satisfeito com o resultado.

"Eu passei por esse procedimento assim como muita gente", contou. "Eu tive essa curiosidade, a maioria dos homens tem."

Ele contou que teve confiança para realizar o procedimento ao conhecer o médico que o operou. "Você vê possibilidades e vê o que era impossível ser possível", afirmou. "Você vira a chave na sua cabeça porque é um assunto muito sério."

Tiago disse que se recuperou rapidamente do procedimento. "Assim que eu saí da sedação, cinco minutos depois já senti toda sensibilidade do meu corpo", disse.

O cantor disse que não tem problema de falar sobre o tema. "Eu recebi milhares de mensagens de pessoas que sofrem com isso, que realmente tem problemas dentro de casa, depressão, até pensam em suicídio por conta disso e não tem essa informação", lamentou.

"Então eu pensei: por que não abrir uma porta para isso?", afirmou. "Eu sou muito seguro de mim, superbem resolvido. Isso entra como caráter informativo."

Ele também contou que a cirurgia dele foi apenas estética. "É um assunto muito sério, muita gente tem curiosidade sobre isso", garantiu. "Independente da sua satisfação pessoal, você pode fazer."

"Hoje está sendo liberado pela medicina como procedimento estético", comentou. "Antes era para quem tinha problemas. Poder falar sobre isso é muito legal hoje."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem