Celebridades

Britney Spears volta ao tribunal contra tutela em meio a desavenças

Corte analisará novo advogado da cantora e ameaça a envolvidos

Britney Spears - Mario Anzuoni - 22.jul.19/ Reuters
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Jill Serjeant
Los Angeles
Reuters

Três semanas depois de Britney Spears, 39, apelar a um juiz para retomar o controle da própria vida, sua busca por liberdade volta ao tribunal nesta quarta-feira (14) com a tutela que comanda seus assuntos pessoais e profissionais envolta em desavenças, renúncias e relatos de ameaças de morte.

Britney não parece mais perto de por fim à tutela de 13 anos ordenada por uma corte, que ela classificou como abusiva, idiota e constrangedora em um pronunciamento emotivo em junho.

O caso volta ao tribunal da cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, na esteira de declarações impactantes da cantora, nas quais disse ter sido impedida de se casar novamente ou ter mais filhos e querer escolher seu próprio advogado.

A artista ainda não apresentou os documentos legais necessários para encerrar a tutela. Seu advogado indicado pela corte, Samuel Ingham, renunciou na semana passada e ainda não foi substituído.

Nesta quarta-feira, o juiz deve analisar o escolhido de Britney como advogado para representá-la, assim como pedidos de proteção 24 horas por dia devido a ameaças de morte contra os envolvidos na tutela em um momento no qual o apoio público à cantora aumenta.

Não está claro se a intérprete de "Piece of Me", que tem problemas de saúde mental não revelados, participará da audiência. A União Americana de Liberdades Civis (ACLU) apresentou documentos legais em apoio a Britney.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem