Celebridades

Ossos humanos de 10 mil anos são achados perto da mansão de Meghan e Harry

Segundo o Page Six, ossada é de 'jovem adulto'

Meghan Markle e o príncipe Harry - REUTERS
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Ossos humanos de mais de 10 mil anos foram encontrados perto da mansão onde moram Meghan Markle, 39, e príncipe Harry, 36, na Califórnia (EUA). As informações são do site Page Six.

De acordo com a publicação, os restos mortais foram achados durante a construção de uma área de paisagismo na última semana em uma estrada próxima ao local.

Agora, a polícia e os investigadores analisam se a ossada pertence a alguém da tribo Chumash, que viveu naquela área por quase 11 mil anos. Também há a expectativa em descobrir se os restos pertencem a um indígena.

A polícia e os investigadores de Santa Barbara afirmam que trata-se de um “jovem adulto”. A propriedade em Montecito, na Califórnia, pertencente ao casal, vale em torno dos R$ 80 milhões.

É nesse casarão, aliás, que Meghan e Harry planejam ter seu segundo filho. O casal revelou na entrevista à Oprah Winfrey, 67, que espera por uma menina que deve nascer próximo a junho, o início do verão norte-americano.

Meghan e Harry são pais de Archie, 1. Segundo o site Page Six, o bebê será o primeiro filho da realeza britânica a nascer nos Estados Unidos. O desejo de realizar o parto em casa vem desde a gravidez de seu primeiro bebê, que seria realizado em Frogmore Cottage, no Reino Unido.

Quando Archie estava uma semana atrasado, a duquesa de Sussex foi leva ao hospital privado de Portland em Londres, onde deu à luz na madrugada do dia 6 de maio de 2019, ao lado de seu marido, Harry.

“O plano de Meghan era ter um parto em casa com Archie, mas você sabe o que dizem sobre planos quase perfeitos. No fim, os médicos dela a aconselharam a ir para um hospital e tudo que importava para ela era dar à luz em segurança”, disse uma fonte próxima à família real, ao Page Six.

“Mas agora ela tem uma casa linda na Califórnia. É um cenário lindo para dar à luz sua menininha”, completou.

Eles compraram a mansão após renunciarem ao título de membros sênior da família real britânica e se mudarem para os EUA. A casa fica próxima ao Cottage Hospital em Santa Barbara, também na Califórnia, que foi eleito um dos melhores hospitais dos EUA.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem