Celebridades

Sport homenageia Gil do Vigor com camiseta e dançando o 'tchaki tchaki' em jogo

Manifestação aconteceu após dirigente do clube fazer ataques homofóbicos ao ex-BBB

Sport Clube homenageia Gil do Vigor
Sport Clube homenageia Gil do Vigor - Reprodução
São Paulo

Gilberto Nogueira foi homenageado pelo seu time do coração, o Sport Clube do Recife no clássico disputado neste domingo (16) contra o Náutico. Na partida do Campeonato Pernambucano que terminou empatada em 1 a 1, o gol do Leão, feito por Everaldo, foi comemorado pelos jogadores dançando o "tchaki tchaki", que se tornou marca registrada do doutorando quando participou do BBB 21.

Horas antes da partida, o clube anunciou outra iniciativa contra a homofobia. As camisas usadas pelos jogadores na partida trariam o nome dos atletas acompanhadas de "do Vigor", mais uma homenagem ao ex-BBB que ficou conhecido nacionalmente como Gil do Vigor.

"O Sport é Do Vigor e contra a homofobia. Hoje, vamos perfilar de manto marcado com alguém que nos dá muito orgulho: Gilberto Nogueira. As camisas serão vendidas e todo o dinheiro arrecadado será doado ao Instituto Boa Vista, ONG de pautas LGBT", compartilhou a páginda do clube no Instagram.

E não parou por aí: os atletas entraram em campo com uma grande faixa que dizia "não à homofobia". Gil compartilhou no Stories, de seu Instagram, vídeos torcendo pela vitória do clube "em nome de Jesus" e agradecendo às homenagens que recebeu. "Por isso amo esse time", escreveu.

As iniciativas acontecem após áudio com ataques homofóbicos feitos por um dirigente do clube pernambucano vazar na internet nesta sexta-feira (14).

"Se ele tivesse feito essa dancinha na casa dele ou em um bordel, eu não estava nem aí. Mas foi dentro da Ilha do Retiro. Isso é uma desmoralização, ausência de vergonha na cara. É isso que a gente está vivendo. Não tem mais respeito, filho não respeita pai, pai não respeita filho. É a depravação", disse o conselheiro.

Na ocasião, Gil lamentou o ocorrido por meio do Twitter e disse que providências seriam tomadas. “Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca muito! Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo. É muita dor!”.

O Sport Clube do Recife usou a mesma rede social para ser posicionar contra o ataque homofóbico. “O Sport Clube do Recife é de todos. Gil do Vigor é e será sempre um legítimo representante das cores do Sport”. ​

.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem