Celebridades

Filho de Mauricio de Sousa mostra piscina transparente no teto e faz sucesso na internet

'Detalhe' na sala de Mauro rendeu milhares de curtidas e muitos comentários

Homem aparece nadando em piscina transparente no teto da sala
Mauro Sousa na piscina transparente no teto da sala - Reprodução/Instagram
São Paulo

Diretor de produções da Turma da Mônica, Mauro Sousa, um dos filhos do desenhista Mauricio de Sousa, fez sucesso nas redes sociais nesta quarta-feira (7) com a foto de um "detalhe" curioso de sua casa: uma piscina transparente no teto da sala.

Na imagem, Sousa aparece nadando em um dia ensolarado enquanto é observado por seu cachorro, Azeitona, que está sentado no sofá.

"Minha sala tem uma piscina no teto. Ou é a minha piscina que tem uma sala no fundo?", brincou.

A postagem foi curtida mais de 20 mil vezes e recebeu comentários de famosos como o ator Hugo Bonemer. "Amigo, você passou de todos os limites", escreveu Bonemer.

Casado com Rafael Piccin, gerente de produção e administrativo da Turma da Mônica, o filho de Mauricio de Sousa contou em fevereiro que costuma perder centenas de seguidores no Instagram quando publica fotos românticas ao lado do marido.

"Estou preocupado? Não. Então, vai aí uma fotinho com meu amô!", escreveu, na ocasião.

Os dois estão juntos há 13 anos, em uma união sem muitas convenções. Eles não moram juntos, não usam alianças e não oficializaram o casamento em uma festa ou cerimônia religiosa.

"Casar é isso: é encontrar a maneira de escrever a nossa história do jeito que funciona pra gente", disse.

Em 2019, o diretor de produções sofreu um ataque homofóbico na internet e se defendeu. “Eu geralmente prefiro postar coisas legais e felizes, mas dessa vez resolvi fazer esse post. Não para expor ninguém, mas para informar os mais desinformados. A diferença entre ontem e hoje é que ontem ele era apenas mais um hater [pessoa que destila ódio na internet]. Mas hoje, ele é um criminoso e pode ir para a cadeia”, escreveu.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem