Celebridades

Anitta faz homenagem a Marielle Franco em divulgação de 'Girl from Rio'

'Resolvi mostrar para o mundo um pouco da cultura e história do Rio'

Anitta
A cantora Anitta posou para um retrato - Instagram/anitta
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A cantora Anitta, 27, vem publicando vídeos e fotos em preto e branco sobre a cultura do Rio de Janeiro em seu Instagram desde o dia primeiro de abril. As imagens deixaram os fãs curiosos, e parecem ser parte da divulgação de seu novo trabalho "Girl from Rio".

"Resolvi mostrar para o mundo um pouco da cultura e história do Rio de Janeiro sob o meu olhar. Aspectos que fazem e fizeram parte da minha vida e de muitos cariocas", contou Anitta. Além da cultura do Rio, a artista também enaltece as mulheres da cidade, sejam famosas ou anônimas.

Em uma de suas publicações mais recentes, Anitta homenageou a vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018. "Marielle Francisco da Silva, conhecida como Marielle Franco, nascida no Rio de Janeiro, foi uma socióloga e política brasileira. Mulher negra, de origem pobre", escreveu na legenda.

"Marielle cresceu na favela da Maré e foi eleita vereadora do Rio em 2016, com a quinta maior votação. Marielle defendeu o feminismo, os direitos humanos e criticou a intervenção federal no Rio de Janeiro e também da Polícia Militar", explicou no texto escrito em inglês.

"Em 2018, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro aprovou a lei que inscreveu o dia 14 de março como 'Dia de Marielle Franco - Dia da Luta Contra o Genocídio da Mulher Negra' no Calendário Oficial do Estado". "Ela é uma garota do Rio", completou.

A última publicação até está quinta-feira (8) foi uma homenagem à atriz Taís Araújo, 42. "Nascida em Méier, subúrbio carioca, não previa ir tão longe: atriz e mãe de dois filhos, ela se tornou a primeira atriz negra brasileira a estrelar novelas e apresentar um programa de TV de domingo", começou.

"Embaixadora e defensora dos Direitos da Mulher Negra pela ONU Mulheres Brasil, antes de completar 40 anos foi eleita uma das personalidades afrodescendentes mais influentes do mundo". "Ninguém a impede, ou seu sotaque ou seus modos de Méier. Ela é uma garota do Rio", disse a artista.

A "exposição" não tem data para terminar. "Tenho me encantado demais e agradeço a todas as mulheres do Rio que admiro que estão participando", afirmou.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem